sábado, abril 10, 2021
q6prmv.md.png
InícioProgramas de FidelidadeA LATAM vai incorporar a Multiplus

A LATAM vai incorporar a Multiplus

O site Panrotas acaba de divulgar que a LATAM vai acabar com a Multiplus. A íntegra da matéria está a seguir:

O Latam Airlines Group SA anunciou hoje que sua afiliada consolidada  Latam Airlines Brasil, não pretende renovar ou estender seu acordo operacional com a Multiplus SA, sua afiliada de coalizão de fidelidade, após 31 de dezembro de 2024. Simultaneamente, a Latam Airlines Brasil anunciou sua intenção de comprar todas as ações ordinárias da Multiplus que as afiliadas da Latam não possuem atualmente (“Delisting Tender Offer”) e, posteriormente, delistar a Multiplus do Novo Mercado B3 no Brasil e cancelar seu registro.

Segundo comunicado da Latam, desde a associação de negócios da Lan e Tam, em 2012, as afiliadas do Latam Airlines Group têm operado dois programas de passageiro frequente separados e distintos. No Brasil, o Latam Fidelidade (herdado da Tam) é operado pela Multiplus. A Latam detém indiretamente uma participação de 72,7% na Multiplus; o restante é negociado no Novo Mercado B3 no Brasil desde seu IPO, realizado em 2010 – antes da associação de negócios da Lan e da Tam.

Já o Latam Pass – sucessor do programa Lan Pass da Lan – é o principal programa de passageiros frequentes na maioria dos mercados de língua espanhola. O Latam Pass é totalmente de propriedade da Latam e operado internamente pela empresa e atualmente tem 14,7 milhões de associados. A intenção é que a Latam Brasil siga esse modelo de negócios, voltando a operar seu programa de fidelidade.

“Apesar dos esforços coordenados da Latam, da Latam Airlines Brasil e da Multiplus, a força inerente ao produto não foi suficiente para reforçar a liderança da Multiplus no mercado brasileiro de pontos de fidelidade, cada vez mais competitivo. Apesar de vários aditivos ao contrato que buscaram restabelecer a competitividade (incluindo, mais recentemente este ano, reduções médias de 5% nos preços domésticos de passagens e de 2% nos preços dos tickets internacionais oferecidos à Multiplus), a participação de mercado da Multiplus continuou sem evoluir”, analisa a Latam em comunicado.

Como resultado, a Latam Airlines Brasil notificou ontem o Conselho de Administração da Multiplus que não pretende renovar ou prorrogar o contrato após 31 de dezembro de 2024. “No futuro, a Latam Airlines Brasil pretende administrar seu programa de fidelidade de passageiros internamente, proteger os yields de passageiros da companhia aérea e obter flexibilidade total na gestão de sua estratégia de receita”.

A fim de minimizar os custos de transição e atrito para todas as partes interessadas, o Latam Airlines Group decidiu apoiar a Latam Airlines Brasil na busca da aquisição completa da Multiplus. A aquisição da Multiplus e sua total integração à rede da Latam, juntamente com o Latam Pass, criarão o que a Latam estima ser o quarto maior programa de passageiro frequente e de fidelidade do mundo (medido pela quantidade de clientes) e consolidará o relacionamento do Grupo Latam com os 21,1 milhões de clientes na Multiplus. “Os pontos dos clientes da Multiplus e benefícios de resgate permanecerão intactos, e os parceiros comerciais da Multiplus se beneficiarão de melhorias em aquisição de clientes, retenção e compartilhamento de carteira”, garante a empresa em comunicado.

A transação abrangerá um processo de oferta pública (a “Oferta”) da Latam Airlines Brasil pelo equivalente a aproximadamente 27,3% do capital social em circulação da Multiplus e o subsequente cancelamento do registro da Multiplus como companhia aberta na CVM e da exclusão da Multiplus do segmento de listagem Novo Mercado (“Exclusão de registro”), de acordo com as leis e os regulamentos corporativos e de valores mobiliários brasileiros.

A Latam Airlines Brasil espera arquivar a referida documentação até o início de outubro. Para capturar rapidamente as sinergias projetadas, a intenção da Latam Airlines Brasil é incorporar a Multiplus na Latam Airlines Brasil no prazo mais breve possível após concluir o processo de Exclusão de registro.

A Latam Airlines Brasil anunciou um preço de compra pretendido de R$ 27,22 por ação, o que representa o preço médio ponderado da ação medido pelo volume de dividendos da Multiplus nos últimos 90 pregões. O preço de compra pretendido representa um prêmio de 11,6% sobre o preço da ação de R$ 24,40 da Multiplus no fechamento do mercado ontem e implica uma aquisição total aproximada de R$ 1,2 bilhão (cerca de US$ 289 milhões) para todo o free float de 27,3% Multiplus.

No dia 20 de julho eu já havia postado sobre isso a partir de uma matéria no Estadão (clique aqui para ler). Na oportunidade, como leiga, eu duvidei da veracidade das informações, que foi confirmada hoje.

Que até 2024 o pessoal da LATAM Brasil possa desenvolver uma plataforma decente para seu programa de passageiro frequente e promova as melhorias necessárias para voltar a ter um bom produto.

Para acessar a matéria completa, clique aqui.

RELATED ARTICLES

19 COMENTÁRIOS

  1. O fim não vai ser em 2024, vai ser bem antes. Esse aviso prévio é para estimular a oferta de recompra. Algo do tipo: “investidores, não adianta ficar neste barco que ele não se sustenta”. Uma vez que a Multiplus esteja sob o controle da Latam, eles a incorporam e, por confusão, as obrigações mútuas entre Multiplus e Latam Brasil se encerram.

    Claro que deve haver outros contratos da Multiplus com terceiros que tem que ser pensados, mas eles não devem ser tão de longo prazo quanto o da Latam, que é a alma do negócio. De qualquer forma, a incorporação os mantêm e eles devem interessar a sucessora, a Latam Brasil. Fica tudo meio em casa.

    Esse modelo de Fidelidade apartado é muito complexo. As pessoas têm que participar disso como uma eterna pirâmide. Tem o lado tributário, com o pagamento de impostos na Multiplus enquanto a Latam tem prejuízos (ou seja, essa receita não seria tributada nesses anos na Latam). Eu diria ainda que o Smiles nesse modelo é menos danoso para as operações da Gol. O Fidelidade, se entrar nessa roda viva inflacionária mais ainda como o Smiles, dá um tiro em uma base em tese mais interessada em voar.

    Ser engenheiro de obra pronta é feio, mas são elementos que deveriam ter sido enxergados pela TAM quando criou o Multiplus. A Gol/Smiles é senhora do seu destino, a Latam Brasil hoje tem outro dono e que vê o negócio com nuances diferentes.

    Eu diria que até 2020, teremos o Fidelidade Pass… A ver!

      • Não, não. Eu acho que a Latam tem que atender as expectativas de fidelização de um tipo de cliente que a Gol tem menos. Pessoas que viajam em cabines premium, utilizam parceiras etc. Esse tipo de cliente com o Smiles está ferrado. A Latam não pode virar as costas para esse cliente dela própria, fazendo o Multiplus inflacionar excessivamente esses resgates. Tanto é que, mesmo com os disparates de 500k de pontos para a Oceania, eles ainda mantém um valor razoável para parceiras.

        Mas isso é dos elementos da equação na decisão sobre o Multiplus, eu acho.

  2. A LATAM não é mais uma cia brasileira desde a ”fusão” (atualmente a família Cueto, da LAN, tem 27,9% e a família Amaro, da TAM, tem 2,6% de participação societária no grupo), é algo um movimento que eu já esperava da ”matriz” chilena. Não havia explicação para manterem dois programas de fidelidade, sendo que ”teoricamente” há somente uma cia. Creio que, como sempre, não podemos esperar coisas boas dessas mudanças. Algo que me deixa curioso, é na questão de monetização… O AAdvantage, da AA, é focado nos USA (dólar americano); O Flying Blue, da AF/KLM, é focado na França e Holanda (euro); enfim, cada país tem uma (ou mais, no caso dos USA) companhia de bandeira no país, a LATAM englobaria toda a América Latina, com várias moedas correntes, os pesos chilenos, argentinos e colombianos e o real brasileiro. Creio que seria algo bem complicado de se administrar, de forma a não prejudicar ou beneficiar certa nacionalidade… Pode ser também que eu esteja falando besteira, ou viajando… mas enfim kkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Luiz De Freitas on O progra