q6prmv.md.png
quinta-feira, maio 6, 2021
q6prmv.md.png
InícioAssuntos VariadosAéreas adiam o retorno do Boeing 737-MAX mais uma vez

Aéreas adiam o retorno do Boeing 737-MAX mais uma vez

Os problemas com o Boeing 737-MAX persistem. As empresas aéreas americanas Southwest e American Airlines decidiram adiar o retorno até, pelo menos, março de 2020. Essa já é a quarta ou quinta vez que as companhias aéreas postergam a data.

O Tamanho do Problema da Boeing

Se a nova data marcada, 5 de março se confirmar, serão 360 dias de aterramento da aeronave comercial mais polêmica dos últimos tempos. Aos que minimizam o problema, foram encomendadas 4.930 aeronaves, sendo 387 entregues. Todas estão em solo, causando bilhões de dólares de prejuízo.

Inclusive, o CEO da American Airlines, em pronunciamento público, disse que quem deveria suportar os prejuízos do aterramento são os acionistas da Boeing e não aqueles da AA.

Entretanto, há os mais alarmistas que afirmam uma possível falência da Boeing por conta do problema com o B737-MAX. Lembro a todos que a empresa americana não atua somente na área comercial, mas também tem contratos bilionários com o governo americano para fornecimento de equipamento de defesa.

O Desenvolvimento do B737-MAX

  • O x da questão é a rivalidade (e $$$) entre a Boeing e a Airbus.
  • O B737 é uma aeronave de 50 anos que foi redesenhada 3 vezes.
  • Em 2011, havia rumores que a Boeing iria projetar uma nova aeronave single-aisle mais eficiente para substituir o B737. A nova aeronave evitaria as limitações que a fuselagem do B737 impõe aos engenheiros.
  • As empresas aéreas se interessaram em voar em rotas cada vez mais longas com aeronaves single-aisle por conta da economia de combustivel.
  • Em dezembro de 2010, a Airbus anunciou uma nova versão da família A320, mais eficiente e que poderia operar rotas mais longas, o A320neo, que vendeu muito bem à época.
  • Em julho de 2011, a AA, que não tinha aviões da Airbus em sua frota, anunciou a compra de 130 A320, 130 A320neo, 100 B737 e 100 B737 re-engined.
  • Só tinha um problema: a Boeing não tinha planos para um B737 re-engined. Ou seja, a AA anunciou a compra de uma aeronave que supostamente não existia. 
  • O interesse da AA em forçar a Boeing redesenhar o B737 ao invés de projetar uma nova aeronave foi puramente econômico também: os pilotos são treinados para voar uma aeronave e todas as suas variantes. Assim, uma nova aeronave da Boeing implicaria em enormes gastos em treinamento de pilotos. Já uma variante do B737 não exigiria essa despesa.
  • Então, logo após o anúncio da AA, a Boeing enfim anunciou o B737-MAX, uma aeronave 15% mais eficiente que o B737-700, e com alcance para fazer voos transcontinentais.
  • Para que isso acontecesse, seria necessário um motor maior, o que alterou o aerodinâmica do B737. Essa alteração fez com que o nariz do avião inclinasse para o alto, levando ao stall da aeronave. Para corrigir esse problema, foi necessária a instalação do MCAS, um sistema que traria o nariz do avião para a posição correta.
  • A menos que o MCAS esteja desativado, ele irá trazer o nariz do B737-MAX para baixo. E foi isso que hoje se acredita que aconteceu nos acidentes com as aeronaves da Lion Air e da Ethiopian.

Para assistir a um vídeo em inglês explicando os pontos acima, clique aqui.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Sílvio Carneiro on A GOL vai incorporar a Smiles
Vanessa de Carvalho Dias on A GOL vai incorporar a Smiles
Daniel Gadelha on A GOL vai incorporar a Smiles
Luiz Rodrigues on A GOL vai incorporar a Smiles
Henrique P. P. on A GOL vai incorporar a Smiles
Daniel Gadelha on Uma pausa necessária …
Sílvio Carneiro on Uma pausa necessária …
Vanessa de Carvalho Dias on Uma pausa necessária …
Luiz Carlos Costa on Uma pausa necessária …
Carlos Certório on Uma pausa necessária …
Luiz Rodrigues on Uma pausa necessária …
Wanderley Campos on Uma pausa necessária …
Dott. Macchia on Uma pausa necessária …
Beto Junior on Uma pausa necessária …
Anna Paula David on Uma pausa necessária …
Fabio Henrique on Uma pausa necessária …
Henrique P. P. on Uma pausa necessária …
Jorge Brito on Uma pausa necessária …