q6prmv.md.png
quinta-feira, maio 6, 2021
q6prmv.md.png
InícioEmpresas AéreasGOL: um voo diferente na ponte aérea

GOL: um voo diferente na ponte aérea

A GOL surpreendeu alguns passageiros, incluindo essa que vos escreve, em um voo na ponte aérea entre São Paulo e Rio de Janeiro, no longínquo dezembro de 2019.

A Surpresa da GOL

O voo foi na parte da manhã, cerca de 9:30. Logo depois da decolagem, os comissários de bordo avisaram que seria servido um lanche quente acompanhado de bebidas variadas (não-alcoólicas). Além disso, os passageiros ainda teriam de brinde uma barra de chocolate.

lanche GOL
Lanche GOL CGH-SDU

Como vocês podem ver, a barra de chocolate era bem grande (85g) e o chocolate tinha 60% de cacau. Muito bom, não?

O lanche quente salgado era um sanduíche de queijo com mortadela.

Lanche GOL CGH-SDU
Lanche GOL CGH-SDU

Mal sabiam os passageiros que ainda haveria mais uma surpresa ao saírmos da aeronave. Após o pouso, no desembarque, todos os passageiros ganharam um brinde: uma amostra grátis de um perfume unisex da L’Occitane.

Brinde L'Occitane
Brinde L’Occitane

Brinde L'Occitane
Amostra grátis L’Occitane

Como explicado na amostra, o perfume é floral verde cítrico com um fundo amadeirado – bem pronunciado, aliás. O perfume é unisex, mas acho que a fragrância agrada mais aos homens do que às mulheres.

Algumas Palavras

Apesar de parecer uma bobagem, um sanduíche quente com uma barra de chocolate e, ao final, um perfuminho de presente tornaram essa viagem trivial em uma grata surpresa. Nem eu mesma esperava que fosse ficar tão contentinha em receber algo tão simples! Juro – fiquei muito satisfeita e comentei isso com os comissários ao final do voo.

Então, fica a dica para as companhias aéreas brasileiras (americans e afins, e a grande maioria das europeias também): de vez em quando, abandonem as planilhas de custos, e surpreendam os passageiros com um mimo a bordo. Não anunciem com antecedência, ou seja, não façam da surpresa uma campanha de marketing! Tem que ser surpresa mesmo!

Para vocês terem uma ideia, depois desse voo, eu tive que comprar uma passagem para São Paulo. Adivinhem qual empresa eu escolhi? Tomara que eu tenha mais boas surpresas a bordo!

Para acessar o site da GOL, clique aqui.

RELATED ARTICLES

57 COMENTÁRIOS

  1. Recebi esses mesmos mimos num voo da ponte aérea sábado passado, com a exceção do lanche quente (tivemos os salgadinhos e bolachinhas de sempre). Também achei super simpático!

  2. Beatriz, uma coisa que estou sentindo falta em seu novo site é a possibilidade de poder acompanhar todos os posts em ordem cronológica. As vezes fico 2 semanas sem poder entrar no blog, daí quando volto quero ficar em dia e não consigo. Algo como /category/all entende?

    • Eu tb tenho essa dificuldade. Inclusive fiz essa sugestão em outro post. Percebi essa mudança no fim do ano no próprio site do antigo Milhas e Destinos. Ficou bem ruim sem ordem cronológica. Perdi posts que estava acompanhando discussões nos comentários em menos de 1 semana.

  3. Muito legal, as vezes a GOL nem pagou pelos mimos e foi a própria marca que fez a parceria.
    A ideia talvez era você comprar depois o chocolate ou o perfume e acabou comprando a passagem aérea!

      • Essa barra de chocolate deve estar sobrando da sala VIP deles, fica um monte igual a esta à espera de quem queira no balcão logo na entrada (pelo menos em GRU – infos de dezembro, que foi quando passei por lá duas vezes em conexão).

  4. O 01/05/1994 (editado para corrigir o ano), foi um dia fatídico para nós brasileiros.. foi o dia do acidente em que perdemos o grande piloto Ayrton Senna…
    A gente liga na TV Globo pra ver a F-1 e, vez por outra, bate a saudade dos duelos do Senna com Piquet e com meio mundo da F-1… e a gente tenta esquecer o cara..
    Mas, não dá.. vez por outra, o Smiles lança aquelas promoções que somente os “Ayrton Senna” da informática/telefonia móvel conseguem emitir… tem que ser ágil nos dedos..
    Já o efeito da propaganda, chata e inoportuna e já sem efeito prático, demora e se repete.. exatamente igual aos dois últimos brasileiros que passaram por la… Massa & Barrichelo….

  5. Viajei para o Rio saindo de Sampa no dia 24/12, também recebi. Menos o lanche quente.
    O perfume acho que foi mais iniciativa da L’occitane Brasil, de qualquer forma foi bastante interessante.

  6. Marketing inteligente, bem cuidado e apresentado, sutil e desenvolvido; custa raciocinar um pouco e pôr em prática??
    Que venham ações como essa em profusão, mas que não fiquem apenas restritas ao eixo Rio-SP-Brasília-BH e que se espalhem pelo Nordeste e Norte também, com empresas locais tendo a mesma visão destas grandes marcas: o Brasil é maior e muito mais do que apenas Rio e São Paulo e as empresas precisam urgentemente valorizar mais outros eixos, sob pena de desenvolverem um ranço dos nortistas e nordestinos, que podem simplesmente boicotarem suas marcas por se sentirem desvalorizados!
    Ótima iniciativa mas precisa ser solidificada e expandida!

      • Olá Eduardo,
        Concordo contigo, é o dinheiro e o marcado que regem a ação; meu ponto é, entretanto, outro.
        É compreensível que ações de marketing se concentrem nas regiões comercialmente mais rentáveis e não há nada de mal nisso.
        O que disse claramente foi que a ação é muito boa e precisa ser expandida para outros mercados. Quem sabe uma marca de alcance local queira fazer uma parceria com a GOL nos mesmos moldes que a L’Occitane ou a Lacta fizeram – que isso seja promovido e estimulado, para que não só quem faz o trecho Rio-São Paulo seja impactado positivamente de forma excludente: precisamos expandir e incluir não excluir.

      • Olá Maria Lúcia,
        Um pouco de sintaxe gramatical: “o Brasil é maior e muito mais do que apenas Rio e São Paulo e as EMPRESAS precisam urgentemente valorizar mais outros eixos, sob pena de desenvolverem um ranço dos nortistas e nordestinos, que podem simplesmente boicotarem SUAS marcas por se sentirem desvalorizados!” – ou seja, o boicote seria às marcas das empresas, como adjunto adnominal diante do substantivo/nome, em forma de pronome, o substituto de nome.
        Espero que o texto tenha, agora, ficado mais claro pra você.

          • Olá Maria Lucia,
            Sem querer alongar uma discussão que sequer deveria ter iniciado, não entendo o motivo da pseudogrosseria!
            Fiz uma postagem, num texto fluido e adequado, e o mesmo foi parcialmente compreendido por você, já que não houve uma compreensão gramatical completa daquilo que foi escrito, dada a sua reação. Dei-lhe, gentilmente e sem nenhuma intenção irônica ou similar por trás, a explicação gramatical, para que pudesse entender de fato o que escrevi, como fizeram a própria Beatriz e o colega Henry, e pudesse, assim, ter sua opinião individual e completa do texto. Ao final, sou recebido com uma ironia desnecessária e gratuita, à qual dispenso e peço, agora que está tudo (gramaticalmente) aclarado, que a discussão se encerre, uma que sequer deveria ter se iniciado!

          • Ela fez uma pergunta sem qualquer ironia, Vitor. Acho que faltou interpretação da sua parte nesse caso, e não foi gramatical, sintática ou lexical.

          • Olá Beatriz,
            Discordo de você e da interpretação que fez, como discordo que não tenha havido ironia da parte de Maria Lúcia; não a conheço, como não conheço você, e apenas reagi à interpretação que tive!
            Não agi com qualquer desprezo ou falta de educação, sou famoso por ser sempre cortês porém sempre muito prático e direto!
            Sugiro que este assunto se encerre aqui e seguirei com minhas postagens aqui na página, a qual sigo diariamente com muito prazer, sempre com um texto claro, fluido e gramatical-/lexical-/sintaticamente corretos, também com o direito de concordar ou discordar de quaisquer opiniões, da mesma forma aplicáveis a mim.
            Se houve um malentendido, agora está tudo bem-entendido e se segue o jogo!

        • cara eu nao concordo, parece sindrome de vira lata…

          quero simplesmente chegar no maldito lugar no horario e com um minimo de decencia. Quem quiser viajar com glamour que alugue um jato ne?

          e por fim, a rota RJ-SP deve pagar as contas das outras rotas deficitarias para brasil afora (norte? nordeste?).

          tinham que aumentar a concorrencia RJXSP urgentemente, para novas empresa…Ryanair aqui iria ajudar nesse trecho.

        • Vitor, acho desnecessária a resposta nesse tom. Tenho sempre advogado pela cordialidade em nossa comunidade. A Maria Lúcia é uma pessoa que jamais desrespeitou, ironizou ou fez qualquer comentário ofensivo nos três anos que a conheço. Por favor, que esse tipo de comentário não se repita.

        • Vítor… existem regionalismos nos países… e cada região tem uma característica de consumo.. alguns itens são universais.. tipo, Cola Cola do Nordeste é a mesma do Sudeste(isso eu presumo…rsrs), assim com o consumo desse produto..
          Mas.. em termos de mercado, talvez não fosse muito atrativo para uma empresa publicitar, por exemplo, buchada de bode no eixo Rio – São Paulo.. até tem pessoas do Nordeste que moram aqui que eventualmente comprariam, mas não talvez para consumo de massa..
          A mesma coisa seria uma empresa jogar todas as cartas em produtos de “comida mineira” no Piauí… ou Ceará… Ok que alguns restaurantes por lá com este tipo de comida seria bom, como é, por exemplo, um restaurante de comidas nordestinas aqui em Icaraí/RJ… vive lotado…. e não apenas de nordestinos, mas do povo daqui mesmo.. tem gente que gosta…
          Da minha parte, eu simplesmente amo “macaxeira” ou “aipim”: cozido com manteiga derretendo, ou frito, ou ainda melhor: devidamente “trabalhado” sob a forma de bolinho de aipim… esse é apenas um exemplo..
          Então.. quando empresas fazem ações de marketing, visam geralmente atender demandas projetadas por seus departamentos…
          Muito embora eu pense que no caso de chocolate Lacta (com 60% de cacau !!!), Coca-Cola, Sanduba quente com mortadela (sem nenhuma conotação política, please… rsrs) e produtos L´Occitane, tenham público aí pra cima sim (é.. a gente tem a visão “terraplanista” às vezes.. e pensa que Nordeste é em cima e Sudeste é em baixo… rsrs)…
          De qq forma, os comentários dos colegas foram feitos em tom de fidalguia & cordialidade e penso que neste nível deveria continuar…

          • Olá Henry,
            Concordo com sua argumentação e o que disse se refere apenas a manutenção de uma boa ideia e expansão da mesma, nada além disso!
            O que disse foi que as ações devem feitas no eixo mais comercialmente viável e também em outros eixos, apenas isso.
            Além disso, sugeri que marcas locais fizessem ações locais, até como reforço dela mesma. Uma marca cearense de rapadura pode fazer uma ação pontual num trecho FOR-SSA para o público nordestino, mas vai que um barriga-verde que esteja no voo se encante pelo quadradinho doce e passe não só a consumir o produto mas também a pressionar que ele seja vendido no sul…
            Mais uma vez: o que eu disse claramente é que as ações precisam ser feitas, sim, no trecho CGH-SDU mas podem e devem também ser feitas no trecho SSA-NAT, por marcas universais ou – e aí é que está o pulo do gato! – por marcas locais/regionais em ações específicas e concentradas.
            Ou seja, expandir e incluir, não excluir.
            Quanto ao outro tema, por conta de um texto de poucas palavras, houve uma determinada interpretação e uma tomada-de-dores, que agora já foi aclarada e deixada pra trás faz tempo, sem a necessidade de se trazer tudo à tona outras vezes. Mas agradeço o zelo, somos todos colegas aqui, cada um com sua experiências, opiniões e estilos, podemos e devemos divergir e, no mundo virtual e por escrito, em o texto não sendo claro, há sempre a possibilidade de interpretações outras daquela que está textualmente apresentada. Por isso sou detalhista e prolixo, para não deixar margem a qualquer dúvida.

      • Maria Lúcia…
        Eu sou do Sudeste e, desde 2018 estou boicotando os voos das cias. aéreas nacionais para turismo doméstico.. simplesmente não voo.. ou é turismo internacional, que é mais barato, ou voo a serviço apenas….
        Aí, não tem muito jeito.. quase todas minhas viagens a serviço são para BSB.. então, voo pela Gol.. voava pela Delatão, mas com o estado de conservação das aeronaves, parei….
        E, nas poucas vezes que vou para São Paulo, vou de carro mesmo.. é mais caro, mas não viajo de Gol, nem de Azul…
        Não adianta muito porque é uma atitude isolada, mas para mim é importante…
        Veja o exemplo da “carne bovina” e a sacanagem que fizeram com o consumidor brasileiro.. final do ano, muito dinheiro no mercado, espíritos livres para torrar grana e o monopólio corrompido da carne bovina vai e aumenta o preço de forma estratosféricas.. meia dúzia de grande mídia devidamente jabalizada dizendo que é consequência do mercado externo, o que é mentira.. não houve nenhuma grande liberação/aquisição de mercado a ponto de justificar… monte de blá, blá, blá, dizendo que a culpa é do “boi gordo”.. tudo para enrolar o consumidor.. que simplesmente reduziu o consumo.. até porque vc pode comprar camarão de tamanho médio/grande por R$ 26,00 o quilo.. e, perda se vc tira a cabeça do camarão e a gordura da carne, a perda é equivalente…
        Resultado: preço começa a ceder.. hoje já tem alcatra a R$ 24,00 o quilo..
        Mas.. consumidor deveria dar o troco e simplesmente deixar o setor de “castigo”… até que o preço da alcatra chegue a R$ 17,00, que era o preço antes do aumento…
        Claro que isto não se aplica para famílias que tenham crianças em fase de formação.. estas têm que consumir a carne bovina ou ter orientação de proteínas que possam substituir…

        • É impressionante a desonestidade dos comerciantes no período de festas de final de ano.. chega lá no dia 20/11, já começam a aumentar os preços.. chega 30/11 e metade do 13º salário entrando no mercado + salário de nov e começam a aumentar os preços… quando chega perto do dia 20/23 dez, os preços estão todos muito altos..
          Aí, hoje, dia 02/jan, já tem redução significativa de preços em muitos itens…
          Nada justifica esses aumentos a não ser o fato das pessoas estarem com dinheiro e com espírito de gastar… acho isso uma sacanagem….

  7. Por falar em “encantamento”, acabei de receber um e-mail do programa de fidelidade daquela rede francesa de hotéis: a ALL… vocês devem ter recebido também…
    Fiquei “encantado” com o e-mail…
    O que me encantou foi a capacidade de uma equipe de marketing usar tantos recursos visuais sofisticados para propor tanta baboseira e mentira…
    Mas, como sou um homem de fé e ele me deram em verdade de presente uma latinha de bosta, vou começar a procurar o meu “pônei” por aí…
    Por acaso alguém viu o meu “pônei” ???

  8. Por outro lado, dei azar ontem de pegar 2 vezes o mesmo avião antigo da Transavia (o das poltronas verdes). Um deles de São Paulo a Belém, ou seja, mais de 3h batendo o joelho na fileira da frente!

  9. Em dezembro também em um voo ponte aérea da gol, recebi uma amostra de protetor solar fps 70, e uma menção da tripulação em relação a cuidados contra o câncer de pele. Achei tão interessante, e ainda fez propaganda pra empresa do protetor solar. Medida de marketing inteligente.

  10. ponte aerea, trecho mais inflacionado que existe no mundo. a rota mais lucrativa do brasil e que nunca abaixa de preço.

    era para eles te darem um jantar no outback com acompanhante isso sim, e nao um chocolatezinho e um perfumezin…

  11. E na virada do ano eu me virando para tentar emitir o bilhete cortesia diamante onde nao aparecia a parte da tela para marcar o bilhete de cortesia. 2h de espera na fila de chat, print das telas, abertura de reclameaqui e no dia seguinte 0300, 0800 enfim abriram protocolo para o outro setor gerar o bilhete (aguardando). E no mesmo reclameaqui varios casos iguais (sistema ?). Essa foi minha surpresa da Gol. Ano passado emiti sem problemas tambem no ultimo dia do ano.

  12. Rapaz, quer me conquistar é me dar comida de graça 😂
    Por um pão com mortadela desses vou até em manifestação em apoio à Diuma 😂😂😂

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo