q6prmv.md.png
sábado, abril 17, 2021
q6prmv.md.png
InícioEmpresas AéreasOutras Empresas AereasO Avianca Amigo é o melhor programa de milhas brasileiro do momento?

O Avianca Amigo é o melhor programa de milhas brasileiro do momento?

Antes de mais nada, o melhor programa de milhas é aquele que é melhor para os seus hábitos de viagem. Então, esse post foi pensado com o meu perfil de passageira: viajo mais para destinos internacionais do que dentro do Brasil e não tenho grandes gastos com cartão de crédito.

Fato é que o Amigo atualizou sua tabela de acúmulo de pontos contemplando o novo voo para Miami:

A classe executiva mais barata está rendendo 10.000 pontos por trecho, ou seja: uma ida e volta São Paulo – Miami garante 20.000 pontos para o passageiro. Na verdade, pode até ser mais e eu explico o porquê.

A categoria Silver é atingida ao acumular 15.000 pontos, o que garante um bônus de 25%. Um trecho para Miami gera 10.000 pontos, na volta o passageiro já é consegue chegar a Silver, o que daria mais 2.500 pontos. O total da viagem seria de 22.500 pontos.

A Avianca já fez promoção dessa rota a R$ 3.800,00 em executiva com taxas. Duas viagens para Miami garantem 40.000 pontos qualificáveis para status e 47.500 pontos para resgate. Com mais dois voos ida e volta domésticos em tarifa TOP (pode ser uma mera ponte aérea), o passageiro já consegue ser Gold na Avianca, o que também garante status Gold na Star Alliance, que é o mais alto nível de status da rede. E ainda acumula 52.500 pontos para resgatar em passagens prêmio. Isso por menos de R$ 10.000,00 ao ano.

Repito e sublinho mais uma vez: essa análise foi feita do ponto de vista de quem viaja para destinos internacionais mais de uma vez por ano, viaja pouco em trechos domésticos e tem poucos gastos no cartão.

O LATAM Fidelidade agora é revenue-based, o que significa que você acumula pontos de acordo com os gastos. Nessa mesma viagem – que sai por cerca de USD 1.000 sem taxas – um cliente sem status, como foi a simulação acima, acumularia 5.000 pontos Multiplus, contra 20.000 pontos Amigo. Um cliente LATAM Black Signature acumula 12.000 pontos Multiplus contra 40.000 pontos de um cliente Diamond do Amigo.

A mesma coisa pode ser dita sobre a econômica: voando Avianca, o passageiro consegue 8.000 pontos em uma viagem para Miami, no perfil de bilhete mais barato e sem qualquer status com o Amigo. Para se conseguir pontuação semelhante no LATAM Fidelidade é necessário gastar cerca de USD 1.600 sem taxas – aproximadamente R$ 5.000,00 em uma passagem na classe econômica!

Não incluo o Smiles nessa análise, pois ele não pertence a nenhuma aliança e ser Prata, Ouro ou Diamante nas parceiras pouco ou nada significa. Só há alguma vantagem na Delta (acesso ao Delta SkyClub em algumas poucas cidades) e na Aerolíneas Argentinas (acesso ao lounge em Buenos Aires Ezeiza).

É claro que o Amigo tem mil problemas: dificuldade no resgate com as parceiras, o desconhecimento dos atendentes do call center – dentre outros muitos. Mas em termos de acúmulo, para o meu perfil ele é o melhor.

Enfim, como eu já estou pensando na estratégia para ter status em 2018 (valendo até o início de 2020), o Amigo passou a estar na minha lista de consideração. Só espero que as condições sejam mantidas no ano que vem.

Quem quiser ter um panorama geral do Amigo e dar uma olhada na tabela de resgates, clique aqui.

E para vocês? Qual é o programa brasileiro que mais atende ao seu perfil?

 

RELATED ARTICLES

34 COMENTÁRIOS

    • Pq junho ? O status não era para acabar em março?
      Pelo menos o meu cartão era válido até esse mês, mas no site do amigo não atualiza, então aparece ainda como diamond, mas com validade até 31/3/17.

      • Então … um dos grandes problemas do Amigo é o setor de TI. Eles ainda não atualizaram o status! Tanto que tem gente apresentando o número Amigo (e não o cartão com data de validade de 03//17) até hoje para acessar as salas da Star Alliance, sem qualquer problema. A previsão é que o sistema atualize as informações a partir de 1o de junho.

          • Por exemplo, eu consigo Amigo Diamond em 2016 , mas não voo nada em 2017. Sem soft landing, eu fico sem status. Com soft landing, eu vou para a categoria abaixo da minha, i.e., Gold (mesmo sem voar).

  1. Tenho, face promoções de transferência de milha e viagens em business na Avianca Internacional, aproximadamente 600k na minha conta e de minha esposa.

    Mas hoje tenho SÉRIAS dúvidas se valeu à pena.

    Meu perfil é, exclusivamente, de viagens internacionais e sempre em cabines premium.

    Aí começa o problema do Amigo. A emissão com parceiros…

    De que adianta ter 600k se não se consegue emitir bilhetes em parceiros?

    Pelo que percebi, ao menos THAI, EVA e ASIANA, mesmo com disponibilidade confirmada no Expertflyer, sites da UNITED, COPA e ANA, não são passíveis de emissão no AMIGO.

    Os atendentes até conseguem ver a mesma disponibilidade. Mas quando vão “tarifar” para emitir, alegam que “o sistema não permite”.

    Registrei reclamação no consumidor.gov.br pois pretendia uma emissão em First Thai. E eis que a supervisão me ligou 10 dias depois, oferecendo a disponibilidade que então existia (nos 10 dias se foi a First), a saber Business. Como não era o que pretendia, recusei, mas liguei no call center e tentei emitir… e eis que alegaram problema no sistema até a Business. Ou seja, a supervisão sabe do problema, consegue emitir ao menos quando reclamei e nada de resolver o problema para todos!

    Ou seja, a incompetência reina.

    Minha última ação: há uma semana, registrei reclamação em inglês no site da Star Alliance. A resposta segue abaixo:

    “Thank you for writing to us at the Star Alliance Help Desk.
    We regret the inconvenience caused.
    Due to a technical limitation on the part of Avianca Brazil the special Star Alliance website for Program Amigo members is not working.
    We have forwarded your issue to the concerned department of Avianca Brazil airlines(O6). They will be able to address your concerns directly.”

    Rezemos!!!!

  2. Por que vc fala ficar com status até 2020, o normal não é um ano? Ou seja vc garantir nesse ano que vai ficar gold no ano de 2018, ou melhor março de 2019?

    • O status é válido no ano conquistado (2018), mais o ano seguinte (2019) e, na maioria dos programas, se estende por alguns meses no outro ano (2020). Na LATAM e no Amigo, por exemplo, vai até março. Na AA, até janeiro.

      • Beatriz, desculpe em voltar no tema, mas vc está dando uma informação que não bate com o que o call center do Amigo fala. Eu tenho status de cartão em várias empresas e todas seguem o mesmo critério. Por exemplo, se esse ano sou gold e consigo ter um up grade para o Diamond, seria Diamond pelo ano de 2018 até março de 2019. Aí se não me mantiver , volto para o gold em 2019, ficando nele até março de 2020. Se realmente estou errado nisso, me fale onde posso fazer esse questionamento?

        • Você está correto e foi exatamente o que eu disse, Fausto.
          Acho que vc não entendeu que eu estou me referindo ao que eu ainda vou voar durante o ano de 2018.
          Nesse ano de 2017, eu já consegui o status que eu queria – que vence em março de 2019. Então, não estou mais preocupada com status esse ano.

  3. Sou diamante na Avianca, o status era pra ter acabado dia 31/03, mesmo passando de 1 de Junho o Status ainda aparece como Diamond.
    Sera que eles vao deixar ate quando?

  4. Sou diamante na Avianca, o status era pra ter acabado dia 31/03, mesmo passando de 1 de Junho o Status ainda aparece como Diamond.
    Sera que eles vao deixar ate quando?

    • Pq junho ? O status não era para acabar em março?
      Pelo menos o meu cartão era válido até esse mês, mas no site do amigo não atualiza, então aparece ainda como diamond, mas com validade até 31/3/17.

      • Então … um dos grandes problemas do Amigo é o setor de TI. Eles ainda não atualizaram o status! Tanto que tem gente apresentando o número Amigo (e não o cartão com data de validade de 03//17) até hoje para acessar as salas da Star Alliance, sem qualquer problema. A previsão é que o sistema atualize as informações a partir de 1o de junho.

  5. Tenho, face promoções de transferência de milha e viagens em business na Avianca Internacional, aproximadamente 600k na minha conta e de minha esposa.

    Mas hoje tenho SÉRIAS dúvidas se valeu à pena.

    Meu perfil é, exclusivamente, de viagens internacionais e sempre em cabines premium.

    Aí começa o problema do Amigo. A emissão com parceiros…

    De que adianta ter 600k se não se consegue emitir bilhetes em parceiros?

    Pelo que percebi, ao menos THAI, EVA e ASIANA, mesmo com disponibilidade confirmada no Expertflyer, sites da UNITED, COPA e ANA, não são passíveis de emissão no AMIGO.

    Os atendentes até conseguem ver a mesma disponibilidade. Mas quando vão “tarifar” para emitir, alegam que “o sistema não permite”.

    Registrei reclamação no consumidor.gov.br pois pretendia uma emissão em First Thai. E eis que a supervisão me ligou 10 dias depois, oferecendo a disponibilidade que então existia (nos 10 dias se foi a First), a saber Business. Como não era o que pretendia, recusei, mas liguei no call center e tentei emitir… e eis que alegaram problema no sistema até a Business. Ou seja, a supervisão sabe do problema, consegue emitir ao menos quando reclamei e nada de resolver o problema para todos!

    Ou seja, a incompetência reina.

    Minha última ação: há uma semana, registrei reclamação em inglês no site da Star Alliance. A resposta segue abaixo:

    “Thank you for writing to us at the Star Alliance Help Desk.
    We regret the inconvenience caused.
    Due to a technical limitation on the part of Avianca Brazil the special Star Alliance website for Program Amigo members is not working.
    We have forwarded your issue to the concerned department of Avianca Brazil airlines(O6). They will be able to address your concerns directly.”

    Rezemos!!!!

  6. Por que vc fala ficar com status até 2020, o normal não é um ano? Ou seja vc garantir nesse ano que vai ficar gold no ano de 2018, ou melhor março de 2019?

    • O status é válido no ano conquistado (2018), mais o ano seguinte (2019) e, na maioria dos programas, se estende por alguns meses no outro ano (2020). Na LATAM e no Amigo, por exemplo, vai até março. Na AA, até janeiro.

      • Beatriz, desculpe em voltar no tema, mas vc está dando uma informação que não bate com o que o call center do Amigo fala. Eu tenho status de cartão em várias empresas e todas seguem o mesmo critério. Por exemplo, se esse ano sou gold e consigo ter um up grade para o Diamond, seria Diamond pelo ano de 2018 até março de 2019. Aí se não me mantiver , volto para o gold em 2019, ficando nele até março de 2020. Se realmente estou errado nisso, me fale onde posso fazer esse questionamento?

        • Você está correto e foi exatamente o que eu disse, Fausto.
          Acho que vc não entendeu que eu estou me referindo ao que eu ainda vou voar durante o ano de 2018.
          Nesse ano de 2017, eu já consegui o status que eu queria – que vence em março de 2019. Então, não estou mais preocupada com status esse ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Henry on