q6prmv.md.png
sábado, abril 10, 2021
q6prmv.md.png
InícioAssuntos VariadosO passageiro pornô do voo da Korean Air

O passageiro pornô do voo da Korean Air

Toda viagem tem alguma coisa de interessante pra gente contar pros amigos e pra família. Então, vou aproveitar o espaço pra relatar uma aventura ainda em terra, dentro de uma aeronave da Korean Air, quando estava em Frankfurt, no início de 2019.

Brasileiros no mundo

Uma máxima própria é que não há viagem que eu faça, qualquer que seja a sua duração, destino e época do ano, que eu sempre encontro brasileiro. Carioca, paulista, mineiro, nordestino, sulista – somos 200 milhões e estamos espalhados pelo mundo. Já encontrei colega de trabalho no interior da Islândia no inverno, só pra ilustrar a minha experiência.

Dessa vez, um dos 200 milhões estava no meu voo da Korean entre Frankfurt e Seoul. Mas parece que um dos passageiros não compartilha da minha visão: o deck superior do B747-8i tinha só 5 pessoas e a probabilidade de 40% deles serem brasileiros estava no campo do impossível para esse senhor.

Mas no campo do impossível também estava que ambas as torres do World Trade Center seriam derrubadas em um ataque terrorista e a história está aí pra esfregar na nossa cara que a gente não pode nunca desprezar aquele 0,000000000000000000000000001% de chance de algo acontecer.

A história do voo da Korean Air

Era um senhor de meia idade que já estava lá quando eu cheguei e, por uma coincidência, estava na mesma fileira que eu, só que no canto oposto. Ele estava com um iPhone daqueles gigantescos e com fones de ouvido. E o que ele estava fazendo? Ouvindo música? Vendo um vídeo no youtube?

Não, ele estava conversando com uma mulher numa video call. Acho que era a mulher dele, mas podia não ser e isso não importa. O que importa era o teor da conversa que se estendeu até mandarem desligar o aparelho porque estávamos em procedimento de partida.

A desenvoltura do bate-papo indicava que o passageiro tinha feito a seguinte equação mental: voo coreano saindo da Alemanha no inverno, classe executiva, deck superior de um jumbo, 5 passageiros = só eu de brasileiro aqui e ninguém entende o que eu estou falando.

Errado.

Gente do céu, o homem falava tudo que ele queria fazer com a mulher quando chegasse em casa. E nenhuma das coisas envolvia ir ao cinema, visitar um amigo ou até mesmo quitar o financiamento da casa própria.

Era uma conversa de deixar qualquer vídeo pornô postado no twitter do presidente passar na novela das 6 da tarde. Se eles praticam metade do que estava sendo relatado, eu não entendo como eles ainda estão vivos e bem. Aliás, eu não sei se eles ficaram bem depois do encontro bíblico prometido.

E para piorar a situação, vocês sabem que quando a gente está com fones de ouvido fica mais difícil ajustar o volume da voz. Ele podia estar pensando que estava sussurrando, mas na verdade estava usando o tom de voz ideal para anunciar uma criança perdida em um bloco de carnaval.

Desesperada de tanto tomar golden shower, eu fiz algo impensável: eu gritei. Sim, gritei no B747-8i da Korean Air. Só para vocês terem uma ideia, eu tenho uma voz tão potente que não preciso de microfone para dar palestra – nesse nível. Então, quando eu gritei “Eu entendo português!!!!” todos os 348 passageiros e tripulantes em ambos os decks do avião ouviram, menos o senhorzinho com o headphone inserido no canal do ouvido babando a jovem loura de cabelos compridos e seios que transbordavam a tela do celular.

Involuntariamente envolvida na ativíssima vida sexual alheia, me levantei, fui até a comissária e expliquei a situação. Pedi para ir para outro assento bem longe daquele bate-papo carnal, afinal, eu não sou obrigada, né?

Para meu espanto, até a comissária – que não entendia patavina de português, mas que não era cega – já tinha notado que a conversa estava mais pra Brasileirinhas do que para TV Senado. Imagino ela passando pelo corredor e espiando na tela do iPhone no canto do olho e dando de cara com a interlocutora do passageiro com a boca aberta e língua de fora …

Cinco minutos depois veio a chefe de cabine me pedir desculpas pelo comportamento do passageiro (como se a tripulação ou alguém tivesse alguma coisa a ver com isso) e me oferecer uma bebida ou “anything you need”.

Sabe o que eu need, Dona Chefe de Cabine? Que as pessoas acreditem que tem sempre, sempre, sempre um brasileiro por perto onde quer que seja. Isso é importantíssimo na hora de discutir a vida sexual pelo telefone dentro de um avião …

Alguém já passou por esse tipo de constrangimento em viagem? Não precisa ser num voo da Korean Air, não. Passaredo tá valendo também!

Ah, e quem quiser ler a avaliação completa do voo – cabine, assento, serviço de bordo, dá uma lida nesse post aqui.




RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Sílvio Carneiro on A GOL vai incorporar a Smiles
Vanessa de Carvalho Dias on A GOL vai incorporar a Smiles
Daniel Gadelha on A GOL vai incorporar a Smiles
Luiz Rodrigues on A GOL vai incorporar a Smiles
Henrique P. P. on A GOL vai incorporar a Smiles
Daniel Gadelha on Uma pausa necessária …
Sílvio Carneiro on Uma pausa necessária …
Vanessa de Carvalho Dias on Uma pausa necessária …
Luiz Carlos Costa on Uma pausa necessária …
Carlos Certório on Uma pausa necessária …
Luiz Rodrigues on Uma pausa necessária …
Wanderley Campos on Uma pausa necessária …
Dott. Macchia on Uma pausa necessária …
Beto Junior on Uma pausa necessária …
Anna Paula David on Uma pausa necessária …
Fabio Henrique on Uma pausa necessária …
Henrique P. P. on Uma pausa necessária …
Jorge Brito on Uma pausa necessária …