q6prmv.md.png
domingo, maio 9, 2021
q6prmv.md.png
InícioAssuntos VariadosOs 5 melhores voos que fiz em 2017

Os 5 melhores voos que fiz em 2017

Bom, gente, 2018 chegou e fazendo uma retrospectiva de 2017, decidi escolher os 5 voos que eu mais gostei de ter feito no ano passado. Os eleitos foram:

5 – Garuda Indonesia no A330 (Bali – Jakarta)

O 5o melhor voo do ano não vai para nenhuma outra business ou first que eu voei em 2017, mas para a classe econômica da Garuda Indonesia em um voo de 1h40mins … Eu sei que um voo curto não dá para avaliar adequadamente uma companhia aérea. Entretanto, como eu, de vez em quando, viajo a trabalho no Brasil voand LATAM, GOL e Azul, o choque foi tão grande que a Garuda merece estar nesse post.

Muito espaço para as pernas, assentos com bastante acolchoamento, monitor pessoal com entretenimento abundante, refeição completa com talheres de alumínio, e uma equipe de comissárias excepcional. É melhor do que voar na econômica de longa distância de muita companhia aérea que conheço (American, United, British, Air France, Iberia, etc etc etc).

É uma aula de que produto pode ser oferecido e como os passageiros devem ser tratados.

Custo: 80 USD Para ler o trip report completo, clique aqui.

Garuda Indonesia Economy A332 DPS – CGK Fev 2017

Garuda Indonesia Economy A332 DPS – CGK Fev 2017

Garuda Indonesia Economy A332 DPS – CGK Fev 2017

Garuda Indonesia Economy A332 DPS – CGK Fev 2017

4 – Delta One no A350 (Tóquio Narita – Detroit)

A experiência de voar em uma aeronave nova, que estreou há pouco tempo na companhia aérea, em uma das melhores cabines da classe executiva do mundo, foi incrível. Some-se a isso, toda a tensão desnecessária que a dupla Smiles/Delta me fez passar e a incrível sensação de vitória.  Mereceu estar no meu podium esse ano.

Custo: 100.000 milhas Smiles e um processo judicial bem desgastante.
Para acessar o trip report completo, clique aqui.

Delta One A350 NRT – DTW dez 2017

Delta One A350 NRT – DTW dez 2017

3 – Lufthansa First Class no B747-8i (São Paulo – Frankfurt)

A Lufthansa foi eleita a 3a melhor primeira classe do mundo, de acordo com o Sktrax, o Oscar da aviação comercial. Sem dúvida, o serviço de bordo é excelente, o B747-8i que faz a rota entre São Paulo e Frankfurt é uma jóia e o hard product é bom. O amenity kit é uma malinha da Rimowa, que pra mim é the best; também tem pijama, chinelo … enfim, aquilo que se espera de uma primeira classe.

Mas eu acho que há duas questões importantes a serem resolvidas pela Lufthansa: o catering – pelo menos a empresa que fornece os alimentos para o voo saindo de São Paulo – deixa a desejar para aquela que é considerada a 3a melhor do mundo. O segundo ponto é a qualidade das bebidas alcoólicas servidas a bordo – pelo menos nessa rota para o Brasil. Apesar de a champagne ser ótima, a carta de vinhos é problemática (a média de preço dos vinhos brancos é na casa dos 20 USD …) – assim como a carta de bebidas em geral. A empresa que ficou em segundo lugar no meu ranking pessoal supera, de longe, a Lufthansa nesses dois quesitos. E eu voei em business …

Custo: 100.00 milhas Amigo e vale repetir a dose, mas em outra rota. Leia o trip report completo clicando aqui.

Lufthansa First Class GRU-FRA B748-i Dez 2017

Lufthansa First Class GRU-FRA B748-i Dez 2017

2 – EVA AIR Royal Laurel Class no B777-300ER (NYC – Taipei)

Há anos eu venho “namorando” a executiva da EVA Air pelos reviews do OMAAT e do TPG e eu estava certa no meu crush: a empresa oferece um produto consistente em 16 horas de voo (gente, voar 16 horas seguidas não é bolinho, não!), em que, em certos aspectos se assemelha à primeira classe de muitas companhias aéreas: champagne Krug, dine on demand, whiskies de 1a linha, amenity kit da Rimowa e pijama. Ah, e a limpeza da cabine durante todo o voo foi impecável.

De quebra, ainda vi a aurora boreal do avião. 🙂 <3

Custo: 75.000 milhas Lifemiles, que gastaria com a EVA de novo.
Para acessar o trip report completo, clique aqui.

EVA Air Business Class JFK-TPE B77W dez 2017

EVA Air Business Class JFK-TPE B77W dez 2017

1 – ANA First Class no B777-300ER (Tóquio Narita – Singapura)

Sem dúvida, esse foi o melhor voo do ano, de longe. A ANA oferece uma primeira classe sensacional em termos de serviço e de hard product também. Apesar de estar abaixo do The Apartment e das novas cabines da Singapore Airlines e da Emirates, o  hard product da ANA oferece privacidade, espaço e conforto.

Além disso, o serviço de bordo da empresa é de primeira classe em tudo: cortesia e profissionalismo da tripulação, qualidade da comida e da bebida, a possibilidade de dine on demand, champagne Krug, pijamas, limpeza, amenity kit da Samsonite, etc.

Voo nota 10!

Custo: 50.000 milhas Lifemiles, que gastaria de novo nessa experiência.
Para acessar o trip report completo, clique aqui.

ANA First Class NRT – SIN B773 Fev 2017

ANA First Class NRT – SIN B773 Fev 2017

ANA First Class NRT – SIN B773 Fev 2017

ANA First Class NRT – SIN B773 Fev 2017

Voei pouco esse ano por conta do trabalho e acho que 2018 também vai seguir o mesmo ritmo pelo que vi no meu calendário. Por um lado é bom e por outro é ruim, né?

Espero que o 2018 de vocês seja repleto de alegria, saúde e muitas viagens boas!

Feliz Ano Novo!

RELATED ARTICLES

24 COMENTÁRIOS

  1. Prezada Beatriz,

    Parabéns e MUITO OBRIGADO (por compartilhar) pelos voos!

    Aproveito para abusar: em fevereiro, emitirei meu bilhete de ida para a viagem ao Sudeste Asiático… tenho algumas opções:

    (a) me virar para chegar em JFK e de lá pegar FIRST ANA até Tokyo e, depois, do Japão, torrando 20k Avios, voar até meu destino, TPE; usaria o Lifemiles.

    (b) me virar para chegar nos EUA e, de lá, voar FIRST ASIANA no A380, garantindo chegada até o destino final, TPE (não precisaria gastar os Avios); usaria o Lifemiles.

    (c) outra opção para quem está com 200k no MR do TPC… são 02 pax, o que inviabiliza ideias tais como First Cathay saindo da Europa ou EUA, vez que há disponibilidade em regra para apenas um único assento.

    Desde já antecipo que a volta está planejada para ser um voo até DOH e, de lá, 100k Multiplus para voltar de DOH a GRU via Business Qatar e Iberia (ou direto Qatar, se houvesse disponibilidade, o que não acredito), cujas milhas já possuo.

    Pra variar, MUITO OBRIGADO!!!

    • First da ANA, sem dúvida. Agora, da Ásia para Doha, eu sugiro que vc faça uma emissão sem milhas no Smiles a partir de Seul, para voar nas QSuites.
      E vamos que vamos que 2018 terei alguns bons trip reports para postar (assim espero!).

  2. Oi Beatriz.

    Perdao pela ignorância no tema, mas nao entendi sua sugestao ao post do Daniel quanto à emissão “sem milhas” do techo ICN DOH.
    Pq?
    E como seria a mecânica disso?

    Parabéns pelos posts!!!

    • O Smiles permite que vc emita qualquer trecho em parceiras sem milhas. Vc deve quitar o saldo 2 meses antes da data do voo. Como o Daniel não mencionou que queria ir a Seul, fica mais barato emitir sem milhas e desistir do que emitir com milhas e cancelar.

  3. Oi Beatriz.

    Perdao pela ignorância no tema, mas nao entendi sua sugestao ao post do Daniel quanto à emissão “sem milhas” do techo ICN DOH.
    Pq?
    E como seria a mecânica disso?

    Parabéns pelos posts!!!

    • O Smiles permite que vc emita qualquer trecho em parceiras sem milhas. Vc deve quitar o saldo 2 meses antes da data do voo. Como o Daniel não mencionou que queria ir a Seul, fica mais barato emitir sem milhas e desistir do que emitir com milhas e cancelar.

  4. Prezada Beatriz,

    Parabéns e MUITO OBRIGADO (por compartilhar) pelos voos!

    Aproveito para abusar: em fevereiro, emitirei meu bilhete de ida para a viagem ao Sudeste Asiático… tenho algumas opções:

    (a) me virar para chegar em JFK e de lá pegar FIRST ANA até Tokyo e, depois, do Japão, torrando 20k Avios, voar até meu destino, TPE; usaria o Lifemiles.

    (b) me virar para chegar nos EUA e, de lá, voar FIRST ASIANA no A380, garantindo chegada até o destino final, TPE (não precisaria gastar os Avios); usaria o Lifemiles.

    (c) outra opção para quem está com 200k no MR do TPC… são 02 pax, o que inviabiliza ideias tais como First Cathay saindo da Europa ou EUA, vez que há disponibilidade em regra para apenas um único assento.

    Desde já antecipo que a volta está planejada para ser um voo até DOH e, de lá, 100k Multiplus para voltar de DOH a GRU via Business Qatar e Iberia (ou direto Qatar, se houvesse disponibilidade, o que não acredito), cujas milhas já possuo.

    Pra variar, MUITO OBRIGADO!!!

    • First da ANA, sem dúvida. Agora, da Ásia para Doha, eu sugiro que vc faça uma emissão sem milhas no Smiles a partir de Seul, para voar nas QSuites.
      E vamos que vamos que 2018 terei alguns bons trip reports para postar (assim espero!).

  5. Oi Beatriz.

    Perdao pela ignorância no tema, mas nao entendi sua sugestao ao post do Daniel quanto à emissão “sem milhas” do techo ICN DOH.
    Pq?
    E como seria a mecânica disso?

    Parabéns pelos posts!!!

    • O Smiles permite que vc emita qualquer trecho em parceiras sem milhas. Vc deve quitar o saldo 2 meses antes da data do voo. Como o Daniel não mencionou que queria ir a Seul, fica mais barato emitir sem milhas e desistir do que emitir com milhas e cancelar.

  6. Prezada Beatriz,

    Parabéns e MUITO OBRIGADO (por compartilhar) pelos voos!

    Aproveito para abusar: em fevereiro, emitirei meu bilhete de ida para a viagem ao Sudeste Asiático… tenho algumas opções:

    (a) me virar para chegar em JFK e de lá pegar FIRST ANA até Tokyo e, depois, do Japão, torrando 20k Avios, voar até meu destino, TPE; usaria o Lifemiles.

    (b) me virar para chegar nos EUA e, de lá, voar FIRST ASIANA no A380, garantindo chegada até o destino final, TPE (não precisaria gastar os Avios); usaria o Lifemiles.

    (c) outra opção para quem está com 200k no MR do TPC… são 02 pax, o que inviabiliza ideias tais como First Cathay saindo da Europa ou EUA, vez que há disponibilidade em regra para apenas um único assento.

    Desde já antecipo que a volta está planejada para ser um voo até DOH e, de lá, 100k Multiplus para voltar de DOH a GRU via Business Qatar e Iberia (ou direto Qatar, se houvesse disponibilidade, o que não acredito), cujas milhas já possuo.

    Pra variar, MUITO OBRIGADO!!!

    • First da ANA, sem dúvida. Agora, da Ásia para Doha, eu sugiro que vc faça uma emissão sem milhas no Smiles a partir de Seul, para voar nas QSuites.
      E vamos que vamos que 2018 terei alguns bons trip reports para postar (assim espero!).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Clêver Vasconcelos Júnior on