q6prmv.md.png
domingo, maio 9, 2021
q6prmv.md.png
InícioEmpresas AéreasOutras Empresas AereasTAP vai usar o A321neo nas rotas do Nordeste

TAP vai usar o A321neo nas rotas do Nordeste

A TAP já decidiu o que fazer com os A321neo LR que adquiriu da Airbus: alguns deles vão operar rotas para o Nordeste brasileiro.

As cidades contempladas são Recife, Natal e Fortaleza. Além disso, Recife e Natal também receberão os novos A330-900. Um chega esse ano, com previsão de mais 6 ano que vem.

A empresa planeja receber 2 A321neo esse ano. No ano que vem, a expectativa é que cheguem mais 3 A321neo e 2 A321neo LR (long range). Ao todo serão incorporados a TAP 24 A321neo, sendo 12 desses A321neo LR.

De acordo com os planos operacionais da empresa, a previsão é a seguinte:

LIS-REC-LIS partida noite, regresso dia seguinte tarde
LIS-REC-LIS partida tarde, regresso dia seguinte, manhã – (alternando o A339 e o A21NX dependendo dos dias )
LIS-FOR-LIS partida tarde, regresso dia seguinte manhã
LIS-FOR-LIS partida noite, regresso dia seguinte tarde
LIS-NAT-LIS partida tarde, regresso dia seguinte manhã – (alternando o A339 e o A21NX dependendo dos dias )

O A321neo, que terá capacidade para 216 passageiros, é uma aeronave single-aisle (com um único corredor). A distância que separa Recife, Natal e Fortaleza de Lisboa é, respectivamente, de 3.628,  3.496 e 3.478 milhas, o que deve dar umas 7 horas de viagem (corrijam-me se eu estiver errada!).

É bastante tempo em uma aeronave com configuração 3-3 na econômica. Mas tanto o A321neo LR como o B737 MAX, que são muito econômicos, foram concebidos para esse nicho de mercado de voos com cerca de 3.500 milhas.

Ainda não há data certa para entrada em serviço internacional das novas aeronaves.

 

RELATED ARTICLES

24 COMENTÁRIOS

    • Ainda não foram lançados, mas os A321 que já são utilizados pelas companhias americanas para fazer voos transcontinentais, como NYC a Los Angeles, eles tem primeira classe de verdade, executiva de verdade e econômica.

      É possível sim, mas acho que, para a nossa realidade, será a mesma configuração doméstica nossa, com apenas alguns assentos conforto com a poltrona do meio bloqueada.

      • Não sei, Paulo, se a TAP vai só bloquear o assento do meio para viagens com cerca de 7 horas de duração. Isso iria alienar todos os potenciais passageiros de classe executiva.
        A realidade intra-Europa é uma, a intercontinental é outra.

        • Assim, creio que eles vão bloquear apenas o assento do meio nos voos saindo do Nordeste. Pq, infelizmente, a realidade econômica é diferente da do sudeste e creio que a venda de executivas seja quase que irrelevante nesse mercado. Creio, no. Máximo, um assento de econômica premium e que chamem de executiva.
          Já para o Sudeste creio que irão manter os A330 com a classe executiva retrofitada.

    • Julio, os A320neo não têm, mas é o A321neo LR que vai operar as rotas para o Brasil. Com certeza teremos business, mas em que configuração ainda não sabemos.

    • e a pergunta… qual tipo de classe executiva? pq se for igual a de vôos intra-europa o assento é igual da econômica, com assento central bloqueado e um serviço de bordo diferenciado (além de acesso a sala VIP, prioridades de embarque etc), mais ou menos o que a Gol oferece nos vôos para Orlando e Miami partindo de Brasilia e Fortaleza.

  1. Eu não sou contra se usar os A-321 e 737-MAX para estes trechos maiores…
    Desde que o preço seja significativamente menor…o que não ocorre no momento…

    • Henry, o que eu acho muito ruim nestes equipamentos para voos acima de 4 horas, é que como tem corredor único, fica difícil dar uma pequena caminhada para “esticar as pernas”. Sempre tem algum indo ou vindo no corredor, ou mesmo a tripulação fazendo serviço de bordo. Para mim, que gosto de vez em quando dar uma caminhada, até por recomendação médica, é um suplicio. Certa vez voei no A321 da AA, de SFO para JFK, foi complicado, só não foi pior porque estava na first, é eles tem neste voo, uma first de verdade, acabei por caminhar naquele espaço. Mas não é o ideal. E tem a questão do preço, muito bem abordado por você.

      • Particularmente eu não viajaria.. porque eu levanto de hora em hora e ando um pouco pra relaxar os músculos e aliviar os tendões…
        Até mesmo na executiva, eu levando de 2 em 2 horas…
        Chego no destino sem qq problema..
        Mas.. aí, tem que ser corredor duplo…
        Não tem glúteo que suporte 7 horas sentado numa cadeira… nem mesmo as popozudas….

      • Sim Márcio… é ruim sim..
        Só que tem uma galera que não se importa em viajar e chegar todo quebrado no destino….
        Mas.. veja que eu tinha dito que “desde que o preço seja significativamente menor”…
        Mas.. isto não ocorre, pelo contrário, a Gol está vendendo passagem pros EUA, no 737 – MAX, mais caro do que os voos da AA/Delta/LATAM, etc..

      • Particularmente eu não viajaria.. porque eu levanto de hora em hora e ando um pouco pra relaxar os músculos e aliviar os tendões…
        Até mesmo na executiva, eu levando de 2 em 2 horas…
        Chego no destino sem qq problema..
        Mas.. aí, tem que ser corredor duplo…
        Não tem glúteo que suporte 7 horas sentado numa cadeira… nem mesmo as popozudas….

  2. TAP realmente se superando a cada dia… colocar esses A321 com 3-3 para uma viagem de 7 horas é brincadeira! Ainda bem que a concorrência tá aumentando para acabar com o reinado dela.

    • Não acho que a diferença na econômica seja tão grande dos aviões wide-body. O pior é que tem menos toiletes, mais difícil de caminhar e tal.. mas espaço e serviço é muito similar.
      Na Business depende do que eles colocarem, eu acho que será padrão intra-europa e duvido que seja o padrão transcontinental das americanas… aí a diferença é brutal!

  3. Eles bem podem fazer uma parceria com a Gol/Smiles.. fica perfeito:
    Vc encara 7/7:30 horas no lombo de um A-321-neo, fazendo LIS-FOR e depois, pega em FOR um voo de mais 7:30 horas pra voar de Smiles/Gol 737-MAX pra Miami ou Orlando..
    O detalhe é que a consulta ao ortopedista em solo americano é “free”..
    Tudo isso pela módica quantia de 497.500 milhas + R$ 1.679,34 de taxas de cia. aérea + tarifas aeroportuárias…

  4. Olha, eu sempre achei viajar nos 737-800 da Gol mais confortável que na econômica da Grande maioria dos aviões wide-body. Inclusive em março fiz com a Delta de GRU-MCO num A330-300 novinho. Além de ficar na meiuca com 4 poltronas, a poltrona não reclinava praticamente nada, sendo que não consegui nem tirar um cochilo durante a noite. Já nos 737 da Gol consigo dormir até babar.

    Como não tem mais nada a fazer na econômica do que isso, sinto que não vou ter problemas nesses aviões narrow body em voos tranaoceânicos

    • Mas Paulo, na GOL isso só é possível nos assentos da frente que têm mais espaço, né? Pq para o pessoal da fileira 7 em diante fica bem apertado.

      • Na verdade estou comparando os assentos normais, os da 8 para trás na Gol, com a econômica dos Wide Body. Prefiro os da Gol de longe.
        Se for para os da LATAM, aí o bicho pega… Pq são muito apertados e estreitos declinam pouco, e conseguem a proeza de serem mais desconfortáveis que os da econômica que tanto reclamo.

  5. Fortaleza bombando nas novidades internacionais. Ainda hoje recebi a notícia de que em setembro a Secretaria de Turismo do Ceará vai assinar um memorando de entendimento com a Turkish Airlines e o Ministério dos Transportes da Turquia para operar voos entre Fortaleza e Istmbul a partir do ano que vem. Ótima notícia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on