q6prmv.md.png
sexta-feira, junho 18, 2021
q6prmv.md.png
InícioProgramas de FidelidadeA estratégia do Amigo de priorizar quem tem status nas suas promoções

A estratégia do Amigo de priorizar quem tem status nas suas promoções

O programa Amigo da Avianca Brasil está com uma promo em conjunto com a Livelo e outras parceiras financeiras  que dá bonificação escalonada de acordo com o status do cliente:

Tem muita gente reclamando dessa estratégia porque entende que o programa está tratando as pessoas desigualmente. Eu acho justamente o contrário: o Amigo está utilizando o princípio jurídico da igualdade! Vou explicar para vocês.

No Direito, a igualdade é tratar desigualmente os desiguais na medida da sua desigualdade. E o que isso significa nesse caso aqui?  Que aquele que investe mais no programa deve ganhar mais do que quem investe menos …

Com esse tipo de ação, o Amigo está privilegiando os clientes que efetivamente investem no programa, o que não acontece com o Smiles e o Multiplus.

Percebam que os maiores benefícios do Multiplus, por exemplo, não tem relação com o status no LATAM Fidelidade, mas com a assinatura do Clube Multiplus. E mais – quem paga mais pela assinatura (Clube 10.000) ganha mais benefícios. Fica bem claro que pouco importa se o cliente voa com a LATAM ou as parceiras Oneworld. O que interessa é a assinatura do Clube.

O Smiles, por sua vez, atua de forma mista: privilegia quem é Diamante, mas na verdade, basta assinar o Clube Smiles mais barato e nunca voar com a GOL ou parceiras que dá no mesmo.

Eu já estou pensando na estratégia de status para 2019 e minha tendência hoje (até segunda ordem) é tentar status com o Amigo no ano que vem justamente porque ele ainda é um programa de fidelização de passageiros. O programa ainda estimula as pessoas a viajar com a empresa e com suas parceiras e assim tem sido nas últimas promos de transferência de pontos dos cartões de crédito: mais bônus para quem tem mais status. Além disso, a tabela de resgates é bem razoável naquilo que é mais adequado para mim.

Ah, e a promo vai até o dia 22 de julho! 😉

E vocês, o que acham sobre essa estratégia?

RELATED ARTICLES

38 COMENTÁRIOS

  1. Estratégia sensacional. Isso sim eh um incentivo saudável tanto para transferência de milhas tanto de fidelização. Me deixa triste toda essa moda de “clube”, até pq, se vc tem um clube que gera infinitas milhas, vc viaja com a cia do mesmo jeito, mas não acumula milhas nem recebe status nenhum na cia. Eu ainda acho que pelo upgrade pra business, latam black ainda vale mais, embora condene a estratégia ridícula dela de atrelar bônus ao clube, que acabou com praticamente qualquer transferência de pontos interessante pra quem não paga o clube caríssimo deles. Tiro o chapéu pra avianca, por adotar não a estratégia mais lucrativa, mas dentre todas com certeza a que mais respeita o passageiro frequente.

  2. Beatriz concordo com a sua opinião. Apenas penso que, atualmente, as transferências de milhas e pontos do cartão de crédito ou da conta Livelo para o programa da Cia aérea deveria ser considerada para fins de obtenção de status no programa, ainda que se exija que uma parte da pontuação para obter o status seja voando na referida Cia em passagem emitida com dinheiro, e não com milhas (o que não ocorre com a Smiles e Tudo Azul).
    Não acho razoável que um cliente que transfere uma boa quantidade de milhas não ter isso computado para fins de status. Dou como exemplo o Lifemiles onde, salvo engano , ao emitir com milhas para voar em vôos da própria Cia, pagando um valor extra, as milhas são consideradas para fins de status. Acredito que sequer a cobrança deste valor extra é razoável, mas já é um avanço. Enfim, esta é a minha opinião de aprendiz na matéria, e gostaria muito de saber a sua opinião sobre isso e o quanto os programas poderiam avançar neste sentido, até porque desconfio que alguns programas nacionais em breve venderão status. Abraço e parabéns por ter abordado este interessante tema.

      • Aguardo, desde já, o post. Concordo com o Henrique sobre o fato de transferência contar para status. Sem defender, o Smiles considera algumas transferências de parceiras para efeito de status. Sobre o Amigo, acho o programa muito bom, mas o problema é que para usar no Brasil só contamos com a Avianca, cuja malha é muito pobre ainda.

  3. Excelente, Beatriz! Tenho batido nesta tecla em discussão em outros blogs quando as pessoas criticam a postura do Amigo. A meu ver, assim como você, ele é o único programa Nacional que privilegia que é fiel a ele e às parceiras. Atitudes como essa ajudam aproximar ainda mais a cia aérea e suas parceiras da Star Alliance. Além disso, o Amigo tem conseguido equilibrar campanhas como esta com outras que não levam em consideração o status no programa. No fim todos saem ganhando em algum momento.

  4. Beatriz, bom dia. Suas colocações pra mim estão impecáveis. Tenho evitado manifestação acerca do assunto, pois como sou Diamond no amigo, poderia parecer que estava legislando em causa própria. Mas, nada mais justo que privilegiar quem realmente é fiel a empresa. A único porém que penso a respeito é que nos programamos, damos prioridade a um programa, e do nada, ele muda, sem aviso prévio. Espero que o Amigo seja diferente e se mantenha estável por anos. Se fizer isso, sem dúvida alguma, será o melhor programa fidelidade do Brasil.

  5. Bom comentário Beatriz, qual o valor minimo para virar Diamond no amigo, a forma mais barata e curta de conseguir esse status? O programa deles tem status match?

  6. Estratégia sensacional. Isso sim eh um incentivo saudável tanto para transferência de milhas tanto de fidelização. Me deixa triste toda essa moda de “clube”, até pq, se vc tem um clube que gera infinitas milhas, vc viaja com a cia do mesmo jeito, mas não acumula milhas nem recebe status nenhum na cia. Eu ainda acho que pelo upgrade pra business, latam black ainda vale mais, embora condene a estratégia ridícula dela de atrelar bônus ao clube, que acabou com praticamente qualquer transferência de pontos interessante pra quem não paga o clube caríssimo deles. Tiro o chapéu pra avianca, por adotar não a estratégia mais lucrativa, mas dentre todas com certeza a que mais respeita o passageiro frequente.

  7. Beatriz concordo com a sua opinião. Apenas penso que, atualmente, as transferências de milhas e pontos do cartão de crédito ou da conta Livelo para o programa da Cia aérea deveria ser considerada para fins de obtenção de status no programa, ainda que se exija que uma parte da pontuação para obter o status seja voando na referida Cia em passagem emitida com dinheiro, e não com milhas (o que não ocorre com a Smiles e Tudo Azul).
    Não acho razoável que um cliente que transfere uma boa quantidade de milhas não ter isso computado para fins de status. Dou como exemplo o Lifemiles onde, salvo engano , ao emitir com milhas para voar em vôos da própria Cia, pagando um valor extra, as milhas são consideradas para fins de status. Acredito que sequer a cobrança deste valor extra é razoável, mas já é um avanço. Enfim, esta é a minha opinião de aprendiz na matéria, e gostaria muito de saber a sua opinião sobre isso e o quanto os programas poderiam avançar neste sentido, até porque desconfio que alguns programas nacionais em breve venderão status. Abraço e parabéns por ter abordado este interessante tema.

      • Aguardo, desde já, o post. Concordo com o Henrique sobre o fato de transferência contar para status. Sem defender, o Smiles considera algumas transferências de parceiras para efeito de status. Sobre o Amigo, acho o programa muito bom, mas o problema é que para usar no Brasil só contamos com a Avianca, cuja malha é muito pobre ainda.

  8. Excelente, Beatriz! Tenho batido nesta tecla em discussão em outros blogs quando as pessoas criticam a postura do Amigo. A meu ver, assim como você, ele é o único programa Nacional que privilegia que é fiel a ele e às parceiras. Atitudes como essa ajudam aproximar ainda mais a cia aérea e suas parceiras da Star Alliance. Além disso, o Amigo tem conseguido equilibrar campanhas como esta com outras que não levam em consideração o status no programa. No fim todos saem ganhando em algum momento.

  9. Se viajo na Avianca original, posso pedir upgrade com pontos Amigo? E os pontos voados podem ir iguais ao Amigo em vez do LifeMiles, ou seja mesmo número de pontos?

    • Vivian, o único ponto de ligação entre Avianca Brasil e Avianca Int’l que eu conheço é o seguinte: vc compra bilhete int’l na AV, insere seu número Amigo com status Diamante, e, em havendo disponibilidade no check-in, a AV dá upgrade gratuito para quem é Diamante no Amigo.
      No resto, cada programa tem suas regras e não se misturam.

  10. Beatriz, bom dia. Suas colocações pra mim estão impecáveis. Tenho evitado manifestação acerca do assunto, pois como sou Diamond no amigo, poderia parecer que estava legislando em causa própria. Mas, nada mais justo que privilegiar quem realmente é fiel a empresa. A único porém que penso a respeito é que nos programamos, damos prioridade a um programa, e do nada, ele muda, sem aviso prévio. Espero que o Amigo seja diferente e se mantenha estável por anos. Se fizer isso, sem dúvida alguma, será o melhor programa fidelidade do Brasil.

  11. Bom comentário Beatriz, qual o valor minimo para virar Diamond no amigo, a forma mais barata e curta de conseguir esse status? O programa deles tem status match?

  12. Essa estratégia do Amigo é justa, inteligente e merece elogios. O problema é saber se será mantida. Pq essas empresas mudam tanto as regras que fica difícil investir no status.

  13. Se viajo na Avianca original, posso pedir upgrade com pontos Amigo? E os pontos voados podem ir iguais ao Amigo em vez do LifeMiles, ou seja mesmo número de pontos?

    • Vivian, o único ponto de ligação entre Avianca Brasil e Avianca Int’l que eu conheço é o seguinte: vc compra bilhete int’l na AV, insere seu número Amigo com status Diamante, e, em havendo disponibilidade no check-in, a AV dá upgrade gratuito para quem é Diamante no Amigo.
      No resto, cada programa tem suas regras e não se misturam.

  14. Olá Beatriz! Acho que seria interessante um estudo aprofundado sobre um possível Mileage run para fins de obtenção de status e consequentemente uma publicação sobre 🙂

  15. Olá Beatriz! Acho que seria interessante um estudo aprofundado sobre um possível Mileage run para fins de obtenção de status e consequentemente uma publicação sobre 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar