q6prmv.md.png
sexta-feira, junho 18, 2021
q6prmv.md.png
InícioAvaliaçõesAmerican Airlines Business Class JFK - GIG no B772

American Airlines Business Class JFK – GIG no B772

Meu último voo dessa viagem foi com a American também. Voltei de Nova York para casa na classe executiva do B777-200, um velho conhecido. Tenho duas avaliações anteriores aqui no blog sobre esse produto – uma bem completa (aqui) e outra mais light (aqui), em que foco mais no soft product. Como o hard product é exatamente o mesmo, vou seguir a linha e fazer uma avaliação light.

O VOO

O voo saiu pontualmente às 21:55 e durou cerca de 10 horas. Foi uma viagem tranquila sem qualquer intercorrência.

O SERVIÇO DE BORDO DA AMERICAN

Ainda em terra foram oferecidos espumante, suco de laranja e água. Assim que o comandante liberou a movimentação na cabine, os comissários distrubuíram as toalhinas quentes e  ofereceram drinks acompanhados de nuts. 

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

Eu preferi aguardar o jantar e fiquei apenas no vinho branco.

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

O menu do voo era o seguinte:

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

O serviço da American nas rotas para o Brasil é muito diferente das rotas para a Europa. Enquanto que na rota de Londres, que eu havia feito algumas horas antes, primeiramente é servida a entrada e depois o prato principal, no voo entre NY e Rio foi tudo servido na mesma bandeja: entrada, salada e prato principal.

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

O rolinho de frango com figo e chutney de manga estava sem gosto nenhum.

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

A salada idem: super sem graça.

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

O prato principal, os lagostins, foi salvo pelo molho adocicado. Mas as cenouras arco-íris estavam especialmente saborosas.

AA Business Class JFK – GIG B772 jan 2018

ALGUMAS PALAVRAS

Acordei com o comandante anunciando o início da descida para o aeroporto, então pulei o café da manhã.

O voo foi típico da AA para o Brasil: comida entre passável e sofrível,  e uma tripulação que faz o estritamente essencial.

O forte da AA é o hard product, que considero o melhor que temos nas rotas entre Brasil e EUA. Ainda não voei na business da Avianca Brasil, que também tem um bom assento.

RELATED ARTICLES

16 COMENTÁRIOS

  1. Eu voltei na business da AA há quase três anos e era um 767-300. Um verdadeiro ônibus aéreo na ida, quando fui na econômica. No retorno, as coisas melhoraram um pouco, mas não gostei muito do lounge no JFK, achei que deixou um pouco a desejar, mas pode ter melhorado de lá para cá. A propósito: o que é “hard product”?

  2. Eu voltei na business da AA há quase três anos e era um 767-300. Um verdadeiro ônibus aéreo na ida, quando fui na econômica. No retorno, as coisas melhoraram um pouco, mas não gostei muito do lounge no JFK, achei que deixou um pouco a desejar, mas pode ter melhorado de lá para cá. A propósito: o que é “hard product”?

  3. American Airlines é uma decepcionante, e está cheio de relatos denegrindo o serviço de bordo da cia que continua em servir estilo bandejão, com comissário relaxados, preguiçosos e grosseiros. É uma pena que tenham um avião e uma cabine boa, mas pequem em todo o resto que envolva pessoal. Eu odiei tanto minha experiencia na first como na business. American, vocês são péssimos!

  4. American Airlines é uma decepcionante, e está cheio de relatos denegrindo o serviço de bordo da cia que continua em servir estilo bandejão, com comissário relaxados, preguiçosos e grosseiros. É uma pena que tenham um avião e uma cabine boa, mas pequem em todo o resto que envolva pessoal. Eu odiei tanto minha experiencia na first como na business. American, vocês são péssimos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar