q6prmv.md.png
sexta-feira, junho 18, 2021
q6prmv.md.png
InícioAssuntos VariadosMembership Rewards descumpre prazo dado a clientes

Membership Rewards descumpre prazo dado a clientes

Meu grande amigo Alexandre me mandou um whatsapp pela manhã, mas só agora estou tendo tempo de escrever o post.

Há algum tempo atrás, o Membership Rewards enviou uma carta comunicando aos seus clientes a migração para o sistema Livelo a partir do dia 5 de março. Nessa mesma carta, o MR avisou que entre os dias 26/02 e 04/03 o site estaria indisponível e que todos os procedimentos deveriam ser feitos pela central de atendimento. Eu até escrevi um post lembrete no domingo (clique aqui para ler).

Pois bem, muita gente deixou para fazer a transferência para os programas parceiros na proporção 1:1 durante essa semana – afinal, o prazo seria até dia 4, uma vez que a migração vai ocorrer dia 5.

Acontece que os clientes que estão tentando transferir seus pontos durante essa semana não estão conseguindo. Os atendentes estão informando que o sistema está fechado para transferências.

Na prática, isso significa que aqueles que não transferiram seus pontos até domingo perderam a chance de fazê-lo usando o Membership Rewards.

Em nenhum momento do comunicado o MR disse que o prazo máximo para transferências era no dia 25 de fevereiro. Todo mundo interpretou a carta com o dia 5 de março como a data da migração para a Livelo e, portanto, o MR sobreviveria até dia 4 de março.

Inclusive, o texto diz que troca de pontos MR poderão ser feitas na Central de Atendimento. Trocar pontos MR por milhas Lifemiles, Avios da British Airways e por aí vai.

Espero que o problema tenha sido resolvido durante essas horas que não pude postar. Caso contrário, sugiro fortemente que o Bradesco reveja a atual política e permita que os clientes MR possam efetuar suas transferências de acordo com a carta enviada. Vai sair mais barato.

OBS. Aparentemente, o MR voltou atrás e está fazendo as transferências normalmente pelo que consta nos comentários.

RELATED ARTICLES

28 COMENTÁRIOS

  1. Beatriz, abri uma reclamação ontem (28/02) com um supervisor diante da negativa deles de realizar qualquer transferência antes do dia 06/03, falando veementemente sobre o absurdo de se negar a fazer algo que está bem claro nas comunicações deles. Então hoje (01/03) já me ligaram para proceder com as transferências da minha vontade “em caráter de exceção” (haha tá “serto”, não é porque é um direito nosso não rs). Todos podem ficar um pouco mais calmos 🙂

    Mas realmente esse processo de migração do sistema e do MR para o Livelo não foi divulgado de forma muito transparente aos clientes, parecia mesmo que queriam que todos “esquecessem” os pontos MR lá para Nutellizar tudo na Livelo.

    • Esse “em caráter de exceção” e “por uma liberalidade” são clichês que já ouvi algumas vezes quando eu mostrei pras empresas “o batom na cueca, junto com a marca da cueca, do batom e o dna da boca que beijou”(rsrs) das ilegalidades que eles estavam cometendo…
      Aí, os caras vêem que vão tomar “ferro” num judicial, e inventam esses clichês….
      Mas o pior não é isso…. é a cara de pau deles, que te pedem pra vc avaliar o atendimento deles….rsrs

  2. Prezada Beatriz,

    Após postar a dica do BACEN, desesperado por ter feito uma compra elevada durante viagem ao exterior que gerou pontos que pretendia transferir para o Lifemiles, liguei de imediato para o AMEX (e ao mesmo tempo, no notebook, já comecei a escrever a reclamação para o BACEN…rs).

    E eis que não houve qualquer problema para transferir 14k restantes para o Lifemiles!!!🙏

    Não sei se pelo fato de o cartão Lifemiles estar pré-cadastrado (transferi 50k em janeiro, além de 160k para a Singapore)… mas fato o é que consegui transferir!

    Fica, pois, a informação, a qual achei pertinente lhe transmitir para ciência, dada a qualidade do site.

  3. Beatriz, abri uma reclamação ontem (28/02) com um supervisor diante da negativa deles de realizar qualquer transferência antes do dia 06/03, falando veementemente sobre o absurdo de se negar a fazer algo que está bem claro nas comunicações deles. Então hoje (01/03) já me ligaram para proceder com as transferências da minha vontade “em caráter de exceção” (haha tá “serto”, não é porque é um direito nosso não rs). Todos podem ficar um pouco mais calmos 🙂

    Mas realmente esse processo de migração do sistema e do MR para o Livelo não foi divulgado de forma muito transparente aos clientes, parecia mesmo que queriam que todos “esquecessem” os pontos MR lá para Nutellizar tudo na Livelo.

    • Esse “em caráter de exceção” e “por uma liberalidade” são clichês que já ouvi algumas vezes quando eu mostrei pras empresas “o batom na cueca, junto com a marca da cueca, do batom e o dna da boca que beijou”(rsrs) das ilegalidades que eles estavam cometendo…
      Aí, os caras vêem que vão tomar “ferro” num judicial, e inventam esses clichês….
      Mas o pior não é isso…. é a cara de pau deles, que te pedem pra vc avaliar o atendimento deles….rsrs

  4. Prezada Beatriz,

    Após postar a dica do BACEN, desesperado por ter feito uma compra elevada durante viagem ao exterior que gerou pontos que pretendia transferir para o Lifemiles, liguei de imediato para o AMEX (e ao mesmo tempo, no notebook, já comecei a escrever a reclamação para o BACEN…rs).

    E eis que não houve qualquer problema para transferir 14k restantes para o Lifemiles!!!🙏

    Não sei se pelo fato de o cartão Lifemiles estar pré-cadastrado (transferi 50k em janeiro, além de 160k para a Singapore)… mas fato o é que consegui transferir!

    Fica, pois, a informação, a qual achei pertinente lhe transmitir para ciência, dada a qualidade do site.

    • Verifica se vai entrar na Emirates na mesma taxa de conversão que tinha no programa da MR ou se vai entrar na taxa da Livelo..
      Não sei Emirates, mas nos outros programas parece que vai ser 2:1…

  5. Tentei ontem duas vezes e nada, me falaram que estavam avaliando continuar com a proporção 1:1 mesmo após a transferência para a Livelo devido à crítica dos clientes, achei balela mas desisti de transferir.

    Depois de ver que eles voltaram atrás, liguei hj e falei a mesma coisa, que ia transferir via telefone ou judicialmente e em menos de 10 segundos a atendente disse que ia transferir em caráter de “exceção” HUrumm.

  6. Consegui transferir agora (sexta, às 18h30), pelo telefone. Foi tranquilo. Uns 5 minutos de ligação.

    (Transferi tudo para a Singapore.)

    Estou muito triste com o fim do Membership Rewards. RIP.

    Sonho com o dia em que a Amex reassuma as operações do seu cartão no Brasil.

  7. Tentei ontem duas vezes e nada, me falaram que estavam avaliando continuar com a proporção 1:1 mesmo após a transferência para a Livelo devido à crítica dos clientes, achei balela mas desisti de transferir.

    Depois de ver que eles voltaram atrás, liguei hj e falei a mesma coisa, que ia transferir via telefone ou judicialmente e em menos de 10 segundos a atendente disse que ia transferir em caráter de “exceção” HUrumm.

  8. Consegui transferir agora (sexta, às 18h30), pelo telefone. Foi tranquilo. Uns 5 minutos de ligação.

    (Transferi tudo para a Singapore.)

    Estou muito triste com o fim do Membership Rewards. RIP.

    Sonho com o dia em que a Amex reassuma as operações do seu cartão no Brasil.

  9. Beatriz…
    Eu penso que, aqueles que já tinham renovado o cartão TPC quando a AMEX enviou a carta comunicando a mudança de plano, ainda que o associado tenha pago apenas 1/3 da prestação, estas pessoas têm assegurado que a taxa de conversão de pontos => milhas no Livelo, devem ser mantidas para elas, até o vencimento da próxima anuidade…
    Embora seja um contrato de adesão, existe a figura da boa-fé entre os contratantes..
    O AMEX/Bradesco/TPC não tomaram essa decisão assim, de supetão….
    Não.. isso é “caso pensado”, com estudo de viabilidade.. aspectos técnicos, conversão/transferência de pontos entre programas distintos…
    Então, nos meses antecedentes, a mudança já era de conhecimento da empresa, mas, covardemente e com extrema má-fé, ela não deu conhecimento aos associados ao cartão que isto ia ocorrer..
    Ela agiu com extrema má-fé contratual.. ela mostra, de forma clara e cristalina que estava pensando em enganar seu cliente…
    Pior ainda: ofende a dignidade desse cliente, quando diz, meses depois e em cima da hora, que vai mudar o programa “para melhor” transferido do MR para o Livelo…
    O detalhe é que, a taxa de conversão, que era de 1:1, será 2:1…
    Com isso ela chama seu cliente de burro, idiota, trata seu cliente como um asno… uma ameba, um ser desprovido de um mínimo de noção para saber o que é bom ou ruim para ele…
    Se o associado renova a anuidade de um cartão e se há anos o maior motivo para essas renovações tem sido os benefícios, fica claro que “benefícios” são “regra do jogo”, cláusulas vinculantes às partes…
    Tanto é que, do MR para Livelo, ela manteve estes benefícios, ou seja, os programas de fidelidade são os mesmos, mas de maneira sorrateira, ela muda a taxa de conversão, passando para 2:1…
    Então….quem tem cartão TPC, corra atrás de seu direito e faça um pedido formal para que o TPC continue pontuando, ainda que no Livelo, na taxa de 1:1, pelo menos até o vencimento da anuidade…
    Se eles não acatarem, procurem um advogado e entrem no JEC com uma ação de obrigação de fazer c/c dano moral…
    Um absurdo isso.. um acinte às relações de consumo…
    Uma imoralidade dessa empresa….

  10. Beatriz…
    Eu penso que, aqueles que já tinham renovado o cartão TPC quando a AMEX enviou a carta comunicando a mudança de plano, ainda que o associado tenha pago apenas 1/3 da prestação, estas pessoas têm assegurado que a taxa de conversão de pontos => milhas no Livelo, devem ser mantidas para elas, até o vencimento da próxima anuidade…
    Embora seja um contrato de adesão, existe a figura da boa-fé entre os contratantes..
    O AMEX/Bradesco/TPC não tomaram essa decisão assim, de supetão….
    Não.. isso é “caso pensado”, com estudo de viabilidade.. aspectos técnicos, conversão/transferência de pontos entre programas distintos…
    Então, nos meses antecedentes, a mudança já era de conhecimento da empresa, mas, covardemente e com extrema má-fé, ela não deu conhecimento aos associados ao cartão que isto ia ocorrer..
    Ela agiu com extrema má-fé contratual.. ela mostra, de forma clara e cristalina que estava pensando em enganar seu cliente…
    Pior ainda: ofende a dignidade desse cliente, quando diz, meses depois e em cima da hora, que vai mudar o programa “para melhor” transferido do MR para o Livelo…
    O detalhe é que, a taxa de conversão, que era de 1:1, será 2:1…
    Com isso ela chama seu cliente de burro, idiota, trata seu cliente como um asno… uma ameba, um ser desprovido de um mínimo de noção para saber o que é bom ou ruim para ele…
    Se o associado renova a anuidade de um cartão e se há anos o maior motivo para essas renovações tem sido os benefícios, fica claro que “benefícios” são “regra do jogo”, cláusulas vinculantes às partes…
    Tanto é que, do MR para Livelo, ela manteve estes benefícios, ou seja, os programas de fidelidade são os mesmos, mas de maneira sorrateira, ela muda a taxa de conversão, passando para 2:1…
    Então….quem tem cartão TPC, corra atrás de seu direito e faça um pedido formal para que o TPC continue pontuando, ainda que no Livelo, na taxa de 1:1, pelo menos até o vencimento da anuidade…
    Se eles não acatarem, procurem um advogado e entrem no JEC com uma ação de obrigação de fazer c/c dano moral…
    Um absurdo isso.. um acinte às relações de consumo…
    Uma imoralidade dessa empresa….

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar