q6prmv.md.png
sábado, junho 19, 2021
q6prmv.md.png
InícioEmpresas AéreasLatamO surto de preços da LATAM para janeiro/2018

O surto de preços da LATAM para janeiro/2018

Estou pesquisando preços para passar uns 10 dias na Europa em janeiro. É claro que estou ciente que é época de alta temporada e, naturalmente, os preços das passagens estão inflacionados.  Além disso, é impossível emitir algo com milhas a essa altura do campeonato. Até aí nada demais.

Para partida do Rio de Janeiro no dia 12 de janeiro com retorno em 23 de janeiro com as empresas da Oneworld, o Google Voos me mostra os seguintes preços em econômica:

Como vocês podem ver, a média está em R$ 4.000,00, (com Frankfurt a R$ 4.306,00 e Paris a R$ 4.130,00) sendo que Madri está um pouco mais barato.

Agora, vejam as mesmas datas em voos LATAM para Frankfurt, com conexão em São Paulo:

 

Gente, esses preços são para a classe econômica!!!!

Aí eu tive a curiosidade de ver esse voo de R$ 8.269,00 para Frankfurt, simplesmente porque não consegui acreditar no que estava vendo. Procurei direto no site da LATAM. O voo sai a R$ 7.038,00 se eu voar para Congonhas e pegar um táxi para Guarulhos ou se eu quiser esperar uma conexão de 5 horas em Guarulhos. A conexão de 2 horas aumenta a passagem em R$ 1.000,00.

Dei uma olhada na ocupação da econômica desse voo nesse dia no Expert Flyer e o mapa de ocupação é esse aqui (os assentos em azul estão ocupados; os brancos, livres e os marcados com x estão bloqueados – são os primeiros das cabines e os da saída de emergência, que têm mais espaço para as pernas e custam mais caro e ainda não foram vendidos):

Dá para perceber que há uma média de ocupação de cerca de 30%!

Nesse mesmo dia, a British Airways e a Lufthansa estão cobrando R$ 4.306,00 e R$ 4.696,00, respectivamente. Sendo que a Lufthansa oferece voo direto com um serviço infinitamente superior e a British estará operando com um B787 novíssimo entre Rio e Londres,

Por cerca de R$ 1.000,00 reais a mais do que a LATAM está cobrando, é possível ir de premium economy na Lufthansa:

Eu gostaria muito de compreender a estratégia da LATAM. Frankfurt foi um dos destinos que eu vi e decidi postar. Mas para outros destinos da Europa o problema é o mesmo: preços astronômicos, mais caros do que a empresa oferece na promoção de business class. Depois a empresa posta que a taxa de ocupação está baixa porque a economia está em recessão. Fica aqui a minha sugestão: baixem o preço que, de repente, vocês resolvem o problema.

 

RELATED ARTICLES

28 COMENTÁRIOS

  1. Na verdade não tenho dinheiro para ir a Europa nesse preço. Só tenho condições de ir numa mega promoção ou erro. Fui por 600 reais no erro da KLM. Em Junho vou por 1100 reais pela Air Europa. Só posso ir assim.

  2. Gostei muito de ver esses comentarios. O mesmo ja ocorreu comigo várias vezes: buscando passagem para Europa (geralmente para Paris), frequentemente vejo os preços da Latam mais que o dobro que as outras companhias. E eu sempre me pergunto: sera que alguem compra ??

  3. Prezada Beatriz,

    Estamos falando de uma cia que, apesar de muitos brasileiros preferirem viajar nesta por “falarem português”, foi digna, nesta semana, de ser citada pelo The Points Guy como uma das executivas (no 777) que se deve evitar… até que enfim, um “reconhecimento” internacional para a forma que a LATAM trata seus passageiros!!!!

    Comecemos pelas aeronaves: enquanto companhias estrangeiras trazem novos modelos, dentre os quais 787 e A350, a LATAM insiste em empurrar aos brasileiros (sim, aos brasileiros pois a sócia majoritária chilena deixa o pátio de SCL lotado de 787, os quais, pois, atendem aos cidadãos do sócio majoritário) pequenos 767 ou 777 com configurações ultrapassadas…

    O serviço, só decai!!! Ao ponto da LATAM ter a ousadia de “anuncia” espumante brasileiro ao invés de estrangeiros (não discuto aqui a qualidade, mas sim a forma de economizar)…

    E o preço beira o ridículo, não raras vezes até pouco antes da data da emissão quando, pela falta de venda, equiparam à concorrência ou derrubam o preço… vejamos por exemplo a África do Sul: nenhum louco preferiria ir de LATAM ao invés de SAA; mas, ao menos 4 vezes neste ano, faltando 2 ou 3 meses para o voo, a LATAM faz mega promoções de tal voo. E o passageiro que comprou pelo valor cheio com antecedência percebe o quanto “precavido” e “tapeado” o foi…

    Enfim, há muito não voo de LATAM em trechos internacionais (mesmo se for o mais barato), pela questão da péssima qualidade do soft product na executiva… mas não poderia deixar de compartilhar com os demais leitores a razão para evitarem tal cia.

    • Concordo, Daniel!

      Enquanto vemos os 787 em Santiago, em rotas como SCL-BOG ou SCL-LIM, a Latam “tupiniquim” nos premia com A320 nas rotas GRU-BOG e GRU-LIM…

      Eu comprei um trecho em executiva na Latam retornando de MCO agora em novembro, sob a promessa de que voaria no A350. Para nossa alegria, a cia mudou a aeronave e agora retornaremos no tobogã 777. É para largar mão de ser besta mesmo…

      • Infelizmente, Paulo, após a empresa lhe “enganar” (pois anuncia uma cabine e um tipo de avião e depois lhe empurra outra), você voará em algo eleito pelo TPG como uma das executivas do mundo da aviação a serem evitadas…. Que título foi a LATAM ganhar(!)… mas muito bem merecido!!!

        Quando a AA fez isto comigo (comprei bilhete em business no 767, então anunciado como sendo na nova configuração – inclusive imprimi o mapa de assentos – e ao chegar na aeronave descobri que trocaram para o antigo 767), não resisti: meti um processo no Juizado Especial… resultado: R$ 2.000,00 de indenização, pois a empresa faz publicidade de uma “nova executiva” para vender e, quando do voo, empurra ao cliente um produto muito inferior…

  4. Em novembro e dezembro tem executiva para Frankfurt por 5300. Por pior que seja a executiva, é melhor que qualquer econômica, e por preço parecido. Não estou defendendo, apenas uma chamada dos melhores cópias que ficou parecendo uma promoção por conta da pressão de Beatriz, rsrs.

  5. Na verdade não tenho dinheiro para ir a Europa nesse preço. Só tenho condições de ir numa mega promoção ou erro. Fui por 600 reais no erro da KLM. Em Junho vou por 1100 reais pela Air Europa. Só posso ir assim.

  6. Gostei muito de ver esses comentarios. O mesmo ja ocorreu comigo várias vezes: buscando passagem para Europa (geralmente para Paris), frequentemente vejo os preços da Latam mais que o dobro que as outras companhias. E eu sempre me pergunto: sera que alguem compra ??

  7. Prezada Beatriz,

    Estamos falando de uma cia que, apesar de muitos brasileiros preferirem viajar nesta por “falarem português”, foi digna, nesta semana, de ser citada pelo The Points Guy como uma das executivas (no 777) que se deve evitar… até que enfim, um “reconhecimento” internacional para a forma que a LATAM trata seus passageiros!!!!

    Comecemos pelas aeronaves: enquanto companhias estrangeiras trazem novos modelos, dentre os quais 787 e A350, a LATAM insiste em empurrar aos brasileiros (sim, aos brasileiros pois a sócia majoritária chilena deixa o pátio de SCL lotado de 787, os quais, pois, atendem aos cidadãos do sócio majoritário) pequenos 767 ou 777 com configurações ultrapassadas…

    O serviço, só decai!!! Ao ponto da LATAM ter a ousadia de “anuncia” espumante brasileiro ao invés de estrangeiros (não discuto aqui a qualidade, mas sim a forma de economizar)…

    E o preço beira o ridículo, não raras vezes até pouco antes da data da emissão quando, pela falta de venda, equiparam à concorrência ou derrubam o preço… vejamos por exemplo a África do Sul: nenhum louco preferiria ir de LATAM ao invés de SAA; mas, ao menos 4 vezes neste ano, faltando 2 ou 3 meses para o voo, a LATAM faz mega promoções de tal voo. E o passageiro que comprou pelo valor cheio com antecedência percebe o quanto “precavido” e “tapeado” o foi…

    Enfim, há muito não voo de LATAM em trechos internacionais (mesmo se for o mais barato), pela questão da péssima qualidade do soft product na executiva… mas não poderia deixar de compartilhar com os demais leitores a razão para evitarem tal cia.

    • Concordo, Daniel!

      Enquanto vemos os 787 em Santiago, em rotas como SCL-BOG ou SCL-LIM, a Latam “tupiniquim” nos premia com A320 nas rotas GRU-BOG e GRU-LIM…

      Eu comprei um trecho em executiva na Latam retornando de MCO agora em novembro, sob a promessa de que voaria no A350. Para nossa alegria, a cia mudou a aeronave e agora retornaremos no tobogã 777. É para largar mão de ser besta mesmo…

      • Infelizmente, Paulo, após a empresa lhe “enganar” (pois anuncia uma cabine e um tipo de avião e depois lhe empurra outra), você voará em algo eleito pelo TPG como uma das executivas do mundo da aviação a serem evitadas…. Que título foi a LATAM ganhar(!)… mas muito bem merecido!!!

        Quando a AA fez isto comigo (comprei bilhete em business no 767, então anunciado como sendo na nova configuração – inclusive imprimi o mapa de assentos – e ao chegar na aeronave descobri que trocaram para o antigo 767), não resisti: meti um processo no Juizado Especial… resultado: R$ 2.000,00 de indenização, pois a empresa faz publicidade de uma “nova executiva” para vender e, quando do voo, empurra ao cliente um produto muito inferior…

  8. Em novembro e dezembro tem executiva para Frankfurt por 5300. Por pior que seja a executiva, é melhor que qualquer econômica, e por preço parecido. Não estou defendendo, apenas uma chamada dos melhores cópias que ficou parecendo uma promoção por conta da pressão de Beatriz, rsrs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar