q6prmv.md.png
sexta-feira, junho 18, 2021
q6prmv.md.png
InícioProgramas de FidelidadeOutros ProgramasOnde é melhor gastar avios: Iberia Plus ou BAEC?

Onde é melhor gastar avios: Iberia Plus ou BAEC?

Muita gente aproveitou a última promo da Iberia e amealhou 90.000 avios por cerca de R$ 1.000,00.  Como expliquei ontem (clique aqui para ler o post), é possível transferir os avios entre contas do Iberia Plus (IP) e do British Airways Executive Club, o BAEC. Mas a pergunta é: em qual programa é melhor gastar os avios da promo?

Algumas ponderações específicas sobre a promo:

(a) O pessoal da Iberia avisou, via redes sociais, que os clientes que transferissem pontos da promo do IP para o BAEC ficariam com a conta “negativada”. Até agora não foi explicado o que isso quer dizer;

(b) Até recentemente, a funcionalidade de transferência de avios entre contas estava bloqueada. Entretanto, ela já foi reativada de novo;

(c) Os avios da promo tem data de validade: 1o de dezembro desse ano. Entretanto, também é difícil saber como as empresas procederão caso eles tenham sido transferidos para a conta BAEC e não utilizados;

(d) OBS: Agora, às 18:45 do dia 26/07/2018 a Iberia acabou de me tweetar afirmando categoricamente que a utilização dos avios fora do IP vai negativar a conta. Pedi esclarecimentos (cancelar a conta? tirar os avios restantes?) e eles não me responderam. Amanhã tem mais post …

Iberia: 

O grande resgate é ida e volta em executiva pela Iberia entre Brasil e Madri na baixa temporada. Cada trecho custa 42.500 avios (85.000 no total). Na alta temporada, cada trecho custa 62.500 avios e é possível combinar uma ida/volta em baixa e o outro trecho em alta, ou vice-versa. O total sairia por 105.000 avios, o que – pelo preço pago pelos 90k – ainda sairia uma pechincha complementar com mais 15.000 avios de uma dessas promos da Groupon ou pagando mais caro no próprio site da Iberia.

Em econômica, é possível achar trechos Brasil – Madri por 19.000 avios. Com os 90.000 é possível para um casal voar até Madri e ainda sobram alguns avios na conta, que podem ser utilizados para outros voos intra-europeus.

Para mais detalhes sobre como aproveitar os avios no Iberia Plus, clique aqui.

Eu voei na business da Iberia há pouco tempo e tenho o trip report aqui no blog (clique aqui para ler).

Eu não recomendo a emissão de bilhetes com as parceiras Oneworld via IP por conta das observações abaixo. Mas é claro que cada um sabe de si …

Observações importantes sobre o Iberia Plus:

(a) a emissão com as parceiras só pode ser feita com ida e volta;

(b) caso você mude de ideia e queira alterar ou cancelar o seu bilhete, isso só é possível com voos da Iberia, Air Nostrum e Vueling. Se houver, em um mesmo bilhete, dois trechos – um com a Iberia e outro com a Cathay, por exemplo – o cancelamento/alteração do bilhete implica na perda total dos avios;

(c) as alterações custam 25 euros por trecho, exceto aqueles emitidos na classe Turista, que são gratuitas;

(d) O IP cobra taxa de combustível (YQ) para voos originados fora do Brasil, exceto para voos da JAL, que não têm YQ por determinação do governo japonês;

(e) a Iberia demora muito para reembolsar as taxas aeroportuárias.

British Airways Executive Club:

Os melhores resgates em econômica são pela AA nos EUA e pela Qantas na Austrália.  Em um voo de 2.000 milhas (quase costa a costa) é possível resgatar passagens por 10.000 Avios (Melbourne-Perth, Chicago – Los Angeles, New York – Denver). A maior parte da Europa também está coberta por essa distância de 2.000 milhas. Um voo Sydney – Brisbane sai por 4.500 Avios em econômica …

Não há dúvidas que os melhores resgates  na executiva se referem aos voos intra-Ásia voando JAL ou Cathay, exceto Singapura/Kuala Lumpur- Tóquio, que ultrapassam as 3.000 milhas. Poder voar de Tóquio para Bangkok na executiva da JAL por 37.500 Avios é um bom negócio.

Outro bom negócio é ir de Hong Kong para a Índia, Sri Lanka, Maldivas e Nepal pela Cathay, também em executiva por 37.500 Avios.

Se o trajeto for ainda mais curto, é possível ir de Seoul para Hong Kong por 20.000 Avios em executiva, em uma viagem de cerca de 3h15mins.

Observações importantes sobre o BAEC:

(a) É possível o cancelamento do bilhete até 24 horas antes da partida do voo pagando multa de 40 libras;

(b) É necessário ligar para o call center para emitir bilhetes com origem no Brasil;

(c) As emissões com ponto de origem fora do Brasil podem ser feitas online mediante uma taxa administrativa de USD 40 embutida no preço final;

(d) O BAEC cobra taxa de combustível (YQ) para voos originados fora do Brasil, exceto para voos da JAL, que não têm YQ por determinação do governo japonês;

(e) É possível emitir passagens one-way.

Conclusão:

Eu fiz a transferência para a conta BAEC e emiti bilhete online para voar com parceiras sem qualquer problema. O essencial é ter em mente que é possível usar os avios do IP até 1o de dezembro nos termos da promo.

Entretanto, ainda não se sabe o que vai acontecer com aqueles que fizerem a transferência para emissão via BAEC (meu caso) ou para quem não fizer emissão alguma até a data limite.

Alguém já emitiu algum bilhete? Alguma dica para compartilhar?

 

RELATED ARTICLES

78 COMENTÁRIOS

  1. Eu emiti Rio-Mad-Rio mesmo. Ah, Beatriz, qdo se combina alta e baixa temporada, nesse trecho, fica 105 mil avios, e não 115 mil. Foi exatamente o que eu paguei.

  2. Excelente análise Beatriz, boas dicas de viagem.
    Esse trecho entre Brasil e Madrid por 19 mil avios ainda existe? O mais baixo que já vi nesse programa foi 21.250 avios.

  3. creio que eles vão deixar a conta com 90 mil avios negativos e conforme for acumulando vai abatendo ou vão bloquear a conta , ai quero ver o chororô depois da maioria prefiro seguir a regra que foi imposta pela promoção e ter meu direito de reclamar futuramente se der algum problema, do que depois sair por ai criticando a empresa quando tiver uma promoção boa e não poder usar a conta IP porque ta bloqueada ou negativada, sendo que os espertinhos burlaram as regras da promoção transferindo os pontos, sendo que as regras foram bem claras ” não pode transferir”, o famoso jeitinho brasileiro ” se tem brecha vou fazer mesmo”. Ainda bem que não tenho essa mentalidade.

    • Mas Rafael, no lançamento da promo não havia qualquer restrição – tenho post com os prints das telas apresentadas pela Iberia. Ela foi imposta no final da promo, quando muita gente já tinha comprado os bilhetes de acordo com os termos iniciais da promo. Não é jeitinho, não: é fazer valer os nossos direitos.

      • Beatriz, eu sinceramente espero que não tenha problemas futuros por ter transferido esses avios entre as contas de IberiaPlus e BritishAirwaysExecutiveClub. Porém, caso tenha de ir à Justiça requerer alguma reparação, para eventual punição da companhia aérea em relação à conta, imagino que dificilmente os juízes aceitarão a justificativa de que tal restrição foi imposta ao longo da promoção. Não tenho familiaridade com o meio jurídico, mas é provável que os magistrados levarão em conta que, nesse caso específico, os clientes compraram passagens aéreas da Iberia e não avios – que foram concedidos como cortesia (gratuitamente, diga-se de passagem). Ainda que a regra tenha sido divulgada no fim da ação promocional, os avios só foram creditados depois de alguns dias, quando todos sabiam da proibição de transferência. Inclusive, a empresa comunicou por meio de e-mail o crédito dos avios nas contas detalhando todas as regras de uso. Sendo assim, melhor que a Iberia não tome nenhuma medida. Caso contrário, a dor de cabeça em buscar reparação na Justiça poderá ser apenas frustrante.

        • Oi Anderson, eu acho que a sua premissa é equivocada – mas no judiciário é tudo possível! Não compramos passagens (retifico – compramos passagens que não necessariamente iremos usar). A compra das passagens foi somente um meio para acumular avios. Vc tbm deve considerar que o management está exigindo que os avios sejam gastos no Iberia Plus, o que não significa gasto dos avios com passagens aéreas, já que o programa tem parceria com hotéis, por exemplo. Antes da promo, a transferência de avios entre contas não sofria qualquer limitação. Essa foi imposta uns 2 ou 3 dias após o início da promo, quando muita gente já tinha adquirido as passagens contando com o que estava dito nos T&Cs, onde não havia qualquer restrição. Não posso afirmar que é causa ganha, mas acho que há boas chances de sucesso no Poder Judiciário.

          • Certo Beatriz. Obrigado pelo posicionamento. Vamos aguardar então. Quanto a minha “premissa equivocada”, realmente estamos em desacordo (rs). Porque, no meu ponto de vista, não temos como afirmar – menos ainda comprovar – que a Iberia vendeu assentos além da disponibilidade nos respectivos voos, dadas e horários escolhidos pelos clientes. Fato esse que poderia corroborar com a tese de venda de avios pura e simples. Parece ter sido evidente a prática. Mas daí a termos provas cabais é uma outra história. O que fico preocupado é que, pelo que percebo ultimamente no judiciário brasileiro, cada juiz uma sentença. Em muitos casos, até em oposição ao que prevê a legislação. Por isso meu receio de fortes dores de cabeça.

          • Anderson, quando eu comentei sobre a disponibilidade é que, se a Iberia vendeu passagens, todos que adquiriram avios deveriam poder emitir bilhetes nas rotas, datas e cabines que quisessem, mas não é assim que ocorre. Se você procurar executiva Brasil-Madri em agosto por 42.500 avios, por exemplo, você não vai achar porque não comprou uma passagem, mas ganhou avios decorrente da compra e quer utilizá-los para emitir outros bilhetes. Agora, quanto ao judiciário, vc tem toda razão!

          • Anderson concordo com tudo isso que você falou, e nesse caso ainda é pior porque ela foi perguntar pra empresa e a mesma informou que não poderia transferir e mesmo assim ela transferiu e digamos que isso pare na justiça, o Juiz vai considerar: – Você comprou PASSAGEM e não avios a empresa na promoção foi bem clara na ”COMPRA DE CADA PASSAGEM ganhe X milhas”, ou seja esse papo de que a empresa vendeu avios já foi por água abaixo, e ninguém pode afirmar que a empresa não terá lugares para todos afinal NINGUEM sabe datas,destinos e horarios que cada um comprou sua passagem.

            Como informei no comentario principal é o famoso jeitinho brasileiro sabe que não pode fazer acha brecha vai e faz, e to falando isso no geral o que ando lendo nos sites sobre essa promoção é de se espantar, vi gente falando que vai entrar na justiça pedindo reembolso das taxas de embarque, ja vi gente falando que vai viajar com os avios ainda esse ano e vai cancelar as passagens compradas e pedir reembolso total na justiça é cada absurdo que já li que olha Brasileiro tem que aprender muito sobre honestidade e caráter por isso esse país não vai pra frente e ainda esse povo reclama dos políticos, espero que quando tiver promoção assim as empresas deixem o Brasil de fora.

          • Rafael, meu caro, você não entendeu nada do que eu falei. Vc está misturando as coisas. Uma coisa é comprar as passagens que renderam os avios. Outra coisa é USAR OS AVIOS PARA RESGATAR PASSAGENS! O que a Iberia está tentando impedir é que os clientes usem os avios que adquiriram comprando passagens para emitir outros (sublinhe-se outros) bilhetes via BAEC.

  4. Beatriz, acabei de pesquisar voo de Tóquio para Frankfurt com JAL e a BA esta cobrando quase 100 USD de taxa de combustível, em classe econômica. Você já conseguiu que eles isentassem essa taxa para voos da JAL? Ou somente voos domésticos que não tem incidência?

    • Oi Jose Carlos, o aeroporto de Frankfurt (assim como Paris) cobra taxas um pouco salgadas (Londres é um absurdo maior ainda). Tente simular outros destinos para vc ver que as taxas diminuem drasticamente. As taxas da JAL saindo de Tóquio são de USD 22.

  5. O BAEC permite emissao online saindo do BR com aquele jeitinho de buscar primeiramente por outro país, tudo bem se preferir não colocar no post já que não é algo automatico por parte da empresa..

  6. Eu emiti Rio-Mad-Rio mesmo. Ah, Beatriz, qdo se combina alta e baixa temporada, nesse trecho, fica 105 mil avios, e não 115 mil. Foi exatamente o que eu paguei.

  7. Excelente análise Beatriz, boas dicas de viagem.
    Esse trecho entre Brasil e Madrid por 19 mil avios ainda existe? O mais baixo que já vi nesse programa foi 21.250 avios.

  8. Tentei transferir 2000 avios do IP pra BAEC e não foi permitido, deu mensagem de erro, só tenho avios da promo de 90k.
    Também não consegui comprar avios na promo atual da British,alguém sabe o porquê?

  9. creio que eles vão deixar a conta com 90 mil avios negativos e conforme for acumulando vai abatendo ou vão bloquear a conta , ai quero ver o chororô depois da maioria prefiro seguir a regra que foi imposta pela promoção e ter meu direito de reclamar futuramente se der algum problema, do que depois sair por ai criticando a empresa quando tiver uma promoção boa e não poder usar a conta IP porque ta bloqueada ou negativada, sendo que os espertinhos burlaram as regras da promoção transferindo os pontos, sendo que as regras foram bem claras ” não pode transferir”, o famoso jeitinho brasileiro ” se tem brecha vou fazer mesmo”. Ainda bem que não tenho essa mentalidade.

    • Mas Rafael, no lançamento da promo não havia qualquer restrição – tenho post com os prints das telas apresentadas pela Iberia. Ela foi imposta no final da promo, quando muita gente já tinha comprado os bilhetes de acordo com os termos iniciais da promo. Não é jeitinho, não: é fazer valer os nossos direitos.

      • Beatriz, eu sinceramente espero que não tenha problemas futuros por ter transferido esses avios entre as contas de IberiaPlus e BritishAirwaysExecutiveClub. Porém, caso tenha de ir à Justiça requerer alguma reparação, para eventual punição da companhia aérea em relação à conta, imagino que dificilmente os juízes aceitarão a justificativa de que tal restrição foi imposta ao longo da promoção. Não tenho familiaridade com o meio jurídico, mas é provável que os magistrados levarão em conta que, nesse caso específico, os clientes compraram passagens aéreas da Iberia e não avios – que foram concedidos como cortesia (gratuitamente, diga-se de passagem). Ainda que a regra tenha sido divulgada no fim da ação promocional, os avios só foram creditados depois de alguns dias, quando todos sabiam da proibição de transferência. Inclusive, a empresa comunicou por meio de e-mail o crédito dos avios nas contas detalhando todas as regras de uso. Sendo assim, melhor que a Iberia não tome nenhuma medida. Caso contrário, a dor de cabeça em buscar reparação na Justiça poderá ser apenas frustrante.

        • Oi Anderson, eu acho que a sua premissa é equivocada – mas no judiciário é tudo possível! Não compramos passagens (retifico – compramos passagens que não necessariamente iremos usar). A compra das passagens foi somente um meio para acumular avios. Vc tbm deve considerar que o management está exigindo que os avios sejam gastos no Iberia Plus, o que não significa gasto dos avios com passagens aéreas, já que o programa tem parceria com hotéis, por exemplo. Antes da promo, a transferência de avios entre contas não sofria qualquer limitação. Essa foi imposta uns 2 ou 3 dias após o início da promo, quando muita gente já tinha adquirido as passagens contando com o que estava dito nos T&Cs, onde não havia qualquer restrição. Não posso afirmar que é causa ganha, mas acho que há boas chances de sucesso no Poder Judiciário.

          • Certo Beatriz. Obrigado pelo posicionamento. Vamos aguardar então. Quanto a minha “premissa equivocada”, realmente estamos em desacordo (rs). Porque, no meu ponto de vista, não temos como afirmar – menos ainda comprovar – que a Iberia vendeu assentos além da disponibilidade nos respectivos voos, dadas e horários escolhidos pelos clientes. Fato esse que poderia corroborar com a tese de venda de avios pura e simples. Parece ter sido evidente a prática. Mas daí a termos provas cabais é uma outra história. O que fico preocupado é que, pelo que percebo ultimamente no judiciário brasileiro, cada juiz uma sentença. Em muitos casos, até em oposição ao que prevê a legislação. Por isso meu receio de fortes dores de cabeça.

          • Anderson, quando eu comentei sobre a disponibilidade é que, se a Iberia vendeu passagens, todos que adquiriram avios deveriam poder emitir bilhetes nas rotas, datas e cabines que quisessem, mas não é assim que ocorre. Se você procurar executiva Brasil-Madri em agosto por 42.500 avios, por exemplo, você não vai achar porque não comprou uma passagem, mas ganhou avios decorrente da compra e quer utilizá-los para emitir outros bilhetes. Agora, quanto ao judiciário, vc tem toda razão!

          • Anderson concordo com tudo isso que você falou, e nesse caso ainda é pior porque ela foi perguntar pra empresa e a mesma informou que não poderia transferir e mesmo assim ela transferiu e digamos que isso pare na justiça, o Juiz vai considerar: – Você comprou PASSAGEM e não avios a empresa na promoção foi bem clara na ”COMPRA DE CADA PASSAGEM ganhe X milhas”, ou seja esse papo de que a empresa vendeu avios já foi por água abaixo, e ninguém pode afirmar que a empresa não terá lugares para todos afinal NINGUEM sabe datas,destinos e horarios que cada um comprou sua passagem.

            Como informei no comentario principal é o famoso jeitinho brasileiro sabe que não pode fazer acha brecha vai e faz, e to falando isso no geral o que ando lendo nos sites sobre essa promoção é de se espantar, vi gente falando que vai entrar na justiça pedindo reembolso das taxas de embarque, ja vi gente falando que vai viajar com os avios ainda esse ano e vai cancelar as passagens compradas e pedir reembolso total na justiça é cada absurdo que já li que olha Brasileiro tem que aprender muito sobre honestidade e caráter por isso esse país não vai pra frente e ainda esse povo reclama dos políticos, espero que quando tiver promoção assim as empresas deixem o Brasil de fora.

          • Rafael, meu caro, você não entendeu nada do que eu falei. Vc está misturando as coisas. Uma coisa é comprar as passagens que renderam os avios. Outra coisa é USAR OS AVIOS PARA RESGATAR PASSAGENS! O que a Iberia está tentando impedir é que os clientes usem os avios que adquiriram comprando passagens para emitir outros (sublinhe-se outros) bilhetes via BAEC.

  10. Beatriz, acabei de pesquisar voo de Tóquio para Frankfurt com JAL e a BA esta cobrando quase 100 USD de taxa de combustível, em classe econômica. Você já conseguiu que eles isentassem essa taxa para voos da JAL? Ou somente voos domésticos que não tem incidência?

    • Oi Jose Carlos, o aeroporto de Frankfurt (assim como Paris) cobra taxas um pouco salgadas (Londres é um absurdo maior ainda). Tente simular outros destinos para vc ver que as taxas diminuem drasticamente. As taxas da JAL saindo de Tóquio são de USD 22.

  11. O BAEC permite emissao online saindo do BR com aquele jeitinho de buscar primeiramente por outro país, tudo bem se preferir não colocar no post já que não é algo automatico por parte da empresa..

  12. Tentei transferir 2000 avios do IP pra BAEC e não foi permitido, deu mensagem de erro, só tenho avios da promo de 90k.
    Também não consegui comprar avios na promo atual da British,alguém sabe o porquê?

    • … os nomes devem ter sido registrados e grafados da mesma forma em ambos os programas … a mudança de nomes é complicada na Iberia … o melhor é ligar na Iberia para tentar fazer isso … se os Avios forem provenientes da ultima promoção nao creio que o callcenter fará …

      • Também é uma possibilidade: os nomes em ambas as contas devem ser idênticos. Se vc cortou um dos sobrenomes ou o abreviou, o programa não permite a transferência.
        Ou talvez, eu tenha conseguido transferir porque tinha avios que não tinham origem exclusiva na promo.

  13. Lembrei que tinha 200 avios provenientes de vôos, tentei e consegui transferir, ou seja, avios da promoção 90k não podem ser transferidos.
    Para comprar avios na promoção do BAEC a conta não pode estar zerada, após a transferência de 200 avios do IP a opção de compra de avios abriu sem erro.

  14. Bia, voce consegue emitir voos saindo do Brasil com o executive club, mas vc quando procura tem que procurar pra algum destino internacional e depois mudar a busca.

      • eu consigo emitir passagem pelo executive club saindo do Brasil dessa forma, só uma vez que deu erro porém horas depois tentei de novo e consegui creio que já emiti umas 6,7 passagens dessa forma saindo do Brasil, a última vez que emiti foi em fevereiro, mas caso eu não consiga emitir mais eu emito saindo de Buenos Aires sem problemas, aliás sempre quando procuro alguma disponibilidade saindo de SP ou RJ e não tá disponível procuro saindo de BUE e grande parte das vezes acho o ruim é gastar mais milhas pra ter que ir até BUE mas grande parte das vezes acho por 10K ou 12K na multiplus o trecho então ok. Uma vez queria ir pra Doha e não achei na Smiles saindo de SP, olhei saindo de BUE e tinha disponibilidade o que é estranho porque o voo faz escala em SP, já na volta o Smiles me fez uma emissão bizarra DOHA-BUE(via SP)- GIG-CGH ou VCP não tinha disponibilidade direta pra GRU esse Smiles é meio louco kkkkkkkkk

  15. Lembrei que tinha 200 avios provenientes de vôos, tentei e consegui transferir, ou seja, avios da promoção 90k não podem ser transferidos.
    Para comprar avios na promoção do BAEC a conta não pode estar zerada, após a transferência de 200 avios do IP a opção de compra de avios abriu sem erro.

  16. Bia, voce consegue emitir voos saindo do Brasil com o executive club, mas vc quando procura tem que procurar pra algum destino internacional e depois mudar a busca.

    • Sim, isso eu sei que eu consigo ver a disponibilidade. Mas quando fui emitir – ano passado – deu erro e pediram para que eu ligasse para o call center.

      • eu consigo emitir passagem pelo executive club saindo do Brasil dessa forma, só uma vez que deu erro porém horas depois tentei de novo e consegui creio que já emiti umas 6,7 passagens dessa forma saindo do Brasil, a última vez que emiti foi em fevereiro, mas caso eu não consiga emitir mais eu emito saindo de Buenos Aires sem problemas, aliás sempre quando procuro alguma disponibilidade saindo de SP ou RJ e não tá disponível procuro saindo de BUE e grande parte das vezes acho o ruim é gastar mais milhas pra ter que ir até BUE mas grande parte das vezes acho por 10K ou 12K na multiplus o trecho então ok. Uma vez queria ir pra Doha e não achei na Smiles saindo de SP, olhei saindo de BUE e tinha disponibilidade o que é estranho porque o voo faz escala em SP, já na volta o Smiles me fez uma emissão bizarra DOHA-BUE(via SP)- GIG-CGH ou VCP não tinha disponibilidade direta pra GRU esse Smiles é meio louco kkkkkkkkk

  17. Beatriz, parabéns pelo belo trabalho aqui feito!

    Tenho uma dúvida, contas novas no BAEC podem gerar problemas nessa transferência?

    Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea