q6prmv.md.png
segunda-feira, junho 21, 2021
q6prmv.md.png
InícioEmpresas AéreasOutras Empresas AereasTAP está terceirizando voos em Salvador e outras cidades

TAP está terceirizando voos em Salvador e outras cidades

O leitor Renato me enviou email relatando um problemão nas operações da TAP em Salvador e outras cidades. A empresa portuguesa está terceirizando as operações em modelo de wet lease – quando empresa “aluga” a aeronave e a tripulação de outra empresa para operar a rota.

Salvador parece bastante afetada de acordo com as informações do Flightradar. Vejam que no dia 13 de janeiro a rota foi operada por um A320 (!?!) e nos dias 8 e 10 janeiro por um B767-300.

O A320 do dia 13 de janeiro, prefixo CS-TKQ, pertence a Azores Airlines. Mas eu acho que há um erro aqui por conta do alcance máximo do A320. Se alguém puder confirmar qual aeronave voou nessa data, agradeço.

Já o B767-300 que operou a rota nos dias 8 e 10 de janeiro pertence à EuroAtlantic Airways. De acordo com o site da empresa, ela é registrada em Portugal e possui uma frota “com quatro (4) B767-300ER na frota desde 2003, um (1) B777-200ER em 2009, um (1) B737-800NG em 2012, um (1) B767-300SF só para voos de Carga e um (1) Cessna Citation CJ3 apenas para voos executivos privados em 2014”.

Essa aeronave possui 266 assentos em econômica, sem classe executiva! A configuração abaixo foi retirada do próprio site da empresa (clique aqui).

O histórico da aeronave indica que ela foi usada em Salvador e em Natal também.

Belo Horizonte também foi afetada em novembro. Por conta de problemas técnicos, no dia 26 saíram dois voos da TAP para Lisboa., sendo que um deles foi operado pela HiFly (A330 CS-TQW) (clique aqui para saber mais).

Aqui está a executiva da HiFly, que lembra a premium economy da British Airways:

Ou seja, ao que parece, a TAP não tem frota suficiente para operar todas as suas rotas caso alguma aeronave tenha problemas técnicos.

Então, muito cuidado ao emitirem bilhetes com a TAP – sejam eles pagos ou com milhas Victoria, Smiles etc. É possível que a rota nem seja operada pela companhia. E tem mais: não há como saber de antemão qual aeronave vai fazer o voo, pois essa decisão é tomada no dia anterior à data de partida e depende do setor de manutenção.

Vocês estavam sabendo disso? Alguém já voou com essas outras companhias?

Agradeço imensamente ao Renato por esse alerta.

 

RELATED ARTICLES

14 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pela sua independência em postar uma reportagem destas.
    O sucesso do seu site e o número cada vez maior de leitores é a prova de que pode-se crescer fazendo um trabalho honesto, decente e que respeito seu público.
    Quanto às informações que constam aqui, uma vez comprovadas, é o caso de se fazer uma representação ao Ministério Público Estadual, na promotoria de Direito do Consumidor.
    Da mesma forma que eu não posso fabricar uma margarina no meu quintal e colocar o nome dela de “Qualy”, a TAP não pode vender o produto dela como sendo TAP e entregar um produto de uma cia. Tabajara Airways…
    Ela até poderia, em uma situação emergencial, mas teria que dar ciência ao consumidor e, claro, ressarcir este consumidor por entregar um produto que, aparentemente, é inferior ao que ele comprou.
    Quando compramos uma passagem com a marca “TAP” é levando em conta todo um retrospecto da cia.
    É um fato muito grave porque percebesse que não é uma ocorrência aleatória, que acontece de vez em quando, mas sim se mostra uma rotina.

  2. Obrigado Beatriz, sempre achei isso o cúmulo do absurdo, mesmo não sendo diretamente afetado, sempre fiquei e estou apreensivo pois tenho vôo em breve com a TAP.
    Parabéns por postar já havia mandado essa informação para outros blogs de viagem que simplesmente ignoraram e acho essa informação muito relevante pra um viajante, principalmente pra quem viaja de executiva pagando uma pequena fortuna.
    No dia 13 de janeiro realmente parece ter havido um erro, quando procura o voo de retorno o TP 23 aparece que foi a aeronave CS-TKS da Euro Atlantic.

  3. Prezada Beatriz,

    Apenas uma palavra sobre tal: processo!

    Se, quando da AA trocou a business do meu voo (quando da oferta – dia da compra -, venderam a nova business no 767 e, ao viajar, era a antiga), ganhei R$ 2.000,00 de danos morais, imagino o que seria em uma situação como esta, vez que a citada “antiga business” ao menos reclinava bastante, ao contrário do apresentado, o que é uma mero assento de “premium economic” se muito…

    Isto para não se analisar o soft product, vez que, sendo uma outra aeronave e com tripulação não treinada pela TAP, não há de se esperar grande serviço… se com a TAP o serviço já é aquém do esperado, imagine com empresas terceirizadas que não têm preocupação alguma de fidelizar….

    Sugestão: imprimam as informações sobre executiva no site da TAP, para provar o que a TAP vende como business; chegou ao avião e não é o que a empresa oferta mediante anúncio em seu site, PROCESSE-A!!!

    Infelizmente, dada a passividade do brasileiro (duvido que sequer 20% dos prejudicados na pseudo “executiva” busquem reparação), para a empresa vale muito à pena preocupar em atender bem apenas outros públicos estrangeiros… se inúmeros a processassem e houvesse prejuízo financeiro efetivo, ponderaria antes de aprontar MAIS esta (não é a primeira, visto a taxa de combustível) conosco.

  4. Parabéns pela sua independência em postar uma reportagem destas.
    O sucesso do seu site e o número cada vez maior de leitores é a prova de que pode-se crescer fazendo um trabalho honesto, decente e que respeito seu público.
    Quanto às informações que constam aqui, uma vez comprovadas, é o caso de se fazer uma representação ao Ministério Público Estadual, na promotoria de Direito do Consumidor.
    Da mesma forma que eu não posso fabricar uma margarina no meu quintal e colocar o nome dela de “Qualy”, a TAP não pode vender o produto dela como sendo TAP e entregar um produto de uma cia. Tabajara Airways…
    Ela até poderia, em uma situação emergencial, mas teria que dar ciência ao consumidor e, claro, ressarcir este consumidor por entregar um produto que, aparentemente, é inferior ao que ele comprou.
    Quando compramos uma passagem com a marca “TAP” é levando em conta todo um retrospecto da cia.
    É um fato muito grave porque percebesse que não é uma ocorrência aleatória, que acontece de vez em quando, mas sim se mostra uma rotina.

  5. Obrigado Beatriz, sempre achei isso o cúmulo do absurdo, mesmo não sendo diretamente afetado, sempre fiquei e estou apreensivo pois tenho vôo em breve com a TAP.
    Parabéns por postar já havia mandado essa informação para outros blogs de viagem que simplesmente ignoraram e acho essa informação muito relevante pra um viajante, principalmente pra quem viaja de executiva pagando uma pequena fortuna.
    No dia 13 de janeiro realmente parece ter havido um erro, quando procura o voo de retorno o TP 23 aparece que foi a aeronave CS-TKS da Euro Atlantic.

  6. Eu estou é fora de TAP, ja com essa taxa de combustivel , e ainda cobra taxa das agencias de viagem para emitir com cartão de credito de 1,95% , sendo a vista o parcelado, vc sabia disso Beatriz?
    Pois é, eu como Agente de Viagens, não voarei pela TAP , enquanto estiver essa bagunça e esses abusos !!!

  7. Eu estou é fora de TAP, ja com essa taxa de combustivel , e ainda cobra taxa das agencias de viagem para emitir com cartão de credito de 1,95% , sendo a vista o parcelado, vc sabia disso Beatriz?
    Pois é, eu como Agente de Viagens, não voarei pela TAP , enquanto estiver essa bagunça e esses abusos !!!

  8. Prezada Beatriz,

    Apenas uma palavra sobre tal: processo!

    Se, quando da AA trocou a business do meu voo (quando da oferta – dia da compra -, venderam a nova business no 767 e, ao viajar, era a antiga), ganhei R$ 2.000,00 de danos morais, imagino o que seria em uma situação como esta, vez que a citada “antiga business” ao menos reclinava bastante, ao contrário do apresentado, o que é uma mero assento de “premium economic” se muito…

    Isto para não se analisar o soft product, vez que, sendo uma outra aeronave e com tripulação não treinada pela TAP, não há de se esperar grande serviço… se com a TAP o serviço já é aquém do esperado, imagine com empresas terceirizadas que não têm preocupação alguma de fidelizar….

    Sugestão: imprimam as informações sobre executiva no site da TAP, para provar o que a TAP vende como business; chegou ao avião e não é o que a empresa oferta mediante anúncio em seu site, PROCESSE-A!!!

    Infelizmente, dada a passividade do brasileiro (duvido que sequer 20% dos prejudicados na pseudo “executiva” busquem reparação), para a empresa vale muito à pena preocupar em atender bem apenas outros públicos estrangeiros… se inúmeros a processassem e houvesse prejuízo financeiro efetivo, ponderaria antes de aprontar MAIS esta (não é a primeira, visto a taxa de combustível) conosco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Ricardo Baccarelli Carvalho on GOL oferece milhas bônus em atraso de voo
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Esron Anibal Freitas da Rosa on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar
Paulo Henrique Werly Gualberto on O programa Accor Live Limitless está no ar