q6prmv.md.png
quarta-feira, junho 23, 2021
q6prmv.md.png
InícioProgramas de FidelidadeOutros ProgramasURGENTE! TAP Victoria atualiza tabela e dá uma surra nos brasileiros

URGENTE! TAP Victoria atualiza tabela e dá uma surra nos brasileiros

A TAP acaba de atualizar a tabela no seu site. Vou deixar com vocês a tabela antiga e a nova para comparações, mas já deixei algumas informações relativas ao que nos afeta.

Tabela antiga:

Tabela Nova Econômica

Tabela Nova Executiva

Tabela Nova Primeira Classe

Mudanças entre Ámérica do Sul e Central:

Mudanças prejudiciais aos clientes:

Econômica: Europa e Norte da África (+ 50.000 milhas), América do Norte (+15.000 milhas), 

Executiva: Europa e Norte da África (+110.000 milhas), Oriente Médio (+40.000 milhas), América do Norte (+10.000 milhas), Ásia (+10.000 milhas), Oceania (+15.000 milhas), África Central Ocidental e Oriental (+50.000 milhas)

Primeira Classe: Europa e Norte da África (+140.000 milhas), Oriente Médio (+140.000 milhas), Oceania (+15.000 milhas), África Central Ocidental e Oriental (+50.000 milhas)

Mudanças Benéficas aos clientes:

Econômica: Oriente Médio (-5.000 milhas), Ásia (-30.000 milhas), Oceania (-30.000 milhas), 

Primeira Classe: América do Norte (-5.000 milhas), Ásia (- 20.000 milhas), Oceania (-10.000 milhas)

 

O Victoria aumentou todas as emissões em executiva saindo do Brasil (à exceção da África Austral, que permanece a mesma), sendo o mais contundente a emissão entre Brasil e Europa, que teve um reajuste de 110.000 milhas!!!!

A primeira classe entre Brasil e Europa também foi duramente atingida, com um aumento de 140.000 milhas.

 

Se houver algum erro nas minhas contas, por favor, me avisem para que eu possa atualizar o post!

RELATED ARTICLES

126 COMENTÁRIOS

  1. Beatriz, boa tarde.

    Por sorte, só subiu 10k um round-trip de Executiva América do Sul – Central para EUA, Canadá, México ou Caribe. Foi para 100k.
    Pra Europa, ficou inviável… 230k o round-trip de Executiva… Melhor usar o Amigo, daqui em diante. Dos programas que temos a disposição, é o menos pior…
    Também aumentou EUA, Canadá e México a 230k para Ásia. Acabou com aquela vantagem que havia, de você fazer uma executiva Brasil – EUA (90k), depois EUA – Ásia , por (145k), que na soma, ficava mais barato que fazer uma Brasil – Ásia (250k), e ainda ganhava um stopover a mais na viagem…
    Por fim, outro que aumentou absurdamente foi América Sul – Central para América Sul – Central. Foi de 35k para 60k na econômica e 50k para 90k na executiva! Balaço…
    Único resgate que vi diminuição do valor exigido foi First de América do Sul – Central – para EUA, Canadá, México ou Caribe, que passou de 130k para 135k. Mais fácil ver um duende do que conseguir um bilhete Award na First da United…
    70k econômica Brasil-EUA é o mesmo valor que o Amigo (Star) e a Latam (OneWorld) cobram para os EUA. Só que fica vantagem para o Amigo e Latam, pois não cobram taxa de emissão via Call Center e as taxas são em Reais direto, sem IOF, se a viagem não tiver stopover. Com stopover, o TAP Victoria ganha.

    Enfim, vou usar o que tenho no programa pros EUA, em business, agora (único resgate ainda competitivo), porque pra Ásia, que não aumentou muito (foi pra 260k o round-trip, ante 250k), não tenho planos de ir tão cedo. Pra Europa, houve o enterro oficial do programa, para as três classes ao meu ver, exigindo 140k, 230k e 320k para econômica, executiva e primeira classe, respectivamente.

  2. Não vi ainda, mas pelo que li agora está menos ruim do que esperava. A executiva pra América do Norte com stopover, 6 segmentos, por 100.000 continua imbatível. Pra Europa piorou muito, provavelmente, pra “competir” com os preços TAP. Mas ainda tem boas opções pra aproveitar. Pena não poder confiar no programa, pois mudar a tabela com 1 semana de avisa é lamentável.

  3. Apenas um esclarecimento… o reajuste foi global (e não apenas para os brasileiros).

    Ida e volta de executiva da Europa para a Oceania custam agora inacreditáveis 300 mil milhas, mais do que as 260 mil milhas cobradas de quem sai da América do Sul.

    • Sim, Andre, eu sei que foi global. Mas como disse no primeiro parágrafo, o foco do post é o que isso nos afeta (nós brasileiros). Depois eu faço um outro falando dos outros aumentos.

      • Oi Beatriz, desculpe. Tive um erro de interpretação.

        Como a TAP só reajustou os voos saindo do Brasil, ao ler o seu texto me passou a impressão de que os reajustes da Star Alliance também só seriam para voos saindo do Brasil, o que dessa vez não é verdade.

        Um abraço,

  4. Ontem fizeram uma sacanagem gigante. A central de atendimento simplesmente parou de funcionar. Tentei ligar desde 18h até 22h. Vi vários clientes reclamando da mesma coisa na página do Facebook da empresa. Aí, quando deu 22h, começaram a atender as ligações, então o atendente informava que a tabela já era a nova, pois já era 0h em Lisboa.

    Isso só mostra o quão desonesta é a empresa. Nunca mais mando um único ponto para o Victoria.

  5. Péssimas mudanças pra quem faz qualquer emissão, exceto América do Norte pois nessa o estrago foi pouco.

    Beatriz, nunca tentei a emissão one-way, mas já havia lido que o Victoria emite sim, porém cobra o mesmo valor de round trip. Esta observação sobre o bilhete só de ida que tem nos T&C não é nova, já existia antes.

  6. Pelo menos pra mim não afetou muito, com as rotas BRA-USA e BRA-Asia, ainda emiti para Ásia via USA em trechos separados com prêmio solado de 235k, agora subiu pra 330k, acabou a festa

  7. No meu caso, que estava querendo algo para os EUA apenas em 2019, foi ótimo a mudança ter sido pequena na executiva! Ainda bem que não emiti nada para nenhum conhecido e guardei os pontos pra usar comigo mesmo, pois com os 100% de bonus na promoção da Livelo do ano passado ainda ficou muito bom esse resgate! Pra Europa, definitivamente, não vale mais a pena!
    Como disse o Marcos no tópico “quase zerei”: “Espero que não metam a mão demais no resgate para os EUA, pelo menos, porque para Europa, não tenho a mínima esperança de sobrar pedra sobre pedra…”
    Marcos, quero os números da mega-sena, ok????? :))))

    • André, boa tarde!

      Estes números eu também queria saber! rsrsrsrs
      Também respirei aliviado com a pequena majoração para os EUA. Ainda tenho 400k lá e é o destino que tenho em vista para uma viagem no ano que vem. Pra Europa, já havia emitido ano passado para viajar esse ano! Primeira e única no Victoria…

      • Marcos, saberia dizer quanto as parceiras cobram para emitir business pelo Victoria para os EUA, sendo viajante criança? O mesmo de um adulto?
        Tbem consegui emitir para a Europa direto com a TAP, antes da mudança na tabela!
        Primeira e última vez!

        • Cláudia, boa noite.

          Já emiti passagem de criança (2 a 12 anos) no Victoria pros EUA, é cobrado o mesmo valor que o adulto. Única condição que cobram metade é quando é pela própria TAP mesmo, para Europa. Para parceiros, criança nessa faixa é igual adulto na tarifação. Mas tem que avisar na hora da marcação que é criança…
          Pra bebês, fico te devendo a info!

  8. Foi bom enquanto durou!!! Agora só mesmo pra emitir passagens pra America do Norte!

    Uma coisa que me chama a atenção é que o call center deles funciona até as 20 horas, como pode ter atendido cliente as 22???

    Desde que eles anunciaram a mudança, emiti 6 passagens, em três dias diferentes e em todas fui sempre muito bem atendido.

    Desde que anunciaram o reajuste da tabela, dificilmente eu consegui ser atendido após as 19 horas.

    Quem deixou pra ultima hora acabou pagando o pato.

    • Oi Eduardo! Apenas o call center brasileiro encerra atendimento às 20h. Eu liguei ontem à noite para o call center português às 20:40 e fui atendida em 10 minutos. O atendente demorou mais 40 minutos para emitir 3 passagens GRU-IST; IST-LHR; OSL-ZRH-GRU. Pediu número e validade dos passaportes, além da data de nascimento de todos como todas as vezes me pediram. Escapei por pouco da mega desvalorização BR-EUROPA que eu tanto temia!!! Conseguir zerar a conta com essa emissão. UFA! Mas olhando a nova tabela BR-America do Norte e BR-Ásia na executiva ainda valerão a pena para mim.

  9. Olha que estranho: uma ponte aérea GIG-GRU (ou, sendo tb vigem internacional, GRU-EZE) custa, pelo Victoria, 60mil, ida e volta; com 10mil a mais vc faz gru-mia-las/las-jfk-gru

  10. A diminuição do valor da roundtrip em first para os EUA é só para inglês ver. A UA é a unica empresa que oferece esse serviço, porém só até maio/18 quando passará a não vender maos. Ou seja praticamente não tivemos nada de positivo.

  11. Beatriz poderia, por favor, nos fornecer o link ou colocar uma foto da tabela global? Tentei pelo site da TAP e não está funcionando. Obrigado. Abraço

  12. Beatriz, boa tarde.

    Por sorte, só subiu 10k um round-trip de Executiva América do Sul – Central para EUA, Canadá, México ou Caribe. Foi para 100k.
    Pra Europa, ficou inviável… 230k o round-trip de Executiva… Melhor usar o Amigo, daqui em diante. Dos programas que temos a disposição, é o menos pior…
    Também aumentou EUA, Canadá e México a 230k para Ásia. Acabou com aquela vantagem que havia, de você fazer uma executiva Brasil – EUA (90k), depois EUA – Ásia , por (145k), que na soma, ficava mais barato que fazer uma Brasil – Ásia (250k), e ainda ganhava um stopover a mais na viagem…
    Por fim, outro que aumentou absurdamente foi América Sul – Central para América Sul – Central. Foi de 35k para 60k na econômica e 50k para 90k na executiva! Balaço…
    Único resgate que vi diminuição do valor exigido foi First de América do Sul – Central – para EUA, Canadá, México ou Caribe, que passou de 130k para 135k. Mais fácil ver um duende do que conseguir um bilhete Award na First da United…
    70k econômica Brasil-EUA é o mesmo valor que o Amigo (Star) e a Latam (OneWorld) cobram para os EUA. Só que fica vantagem para o Amigo e Latam, pois não cobram taxa de emissão via Call Center e as taxas são em Reais direto, sem IOF, se a viagem não tiver stopover. Com stopover, o TAP Victoria ganha.

    Enfim, vou usar o que tenho no programa pros EUA, em business, agora (único resgate ainda competitivo), porque pra Ásia, que não aumentou muito (foi pra 260k o round-trip, ante 250k), não tenho planos de ir tão cedo. Pra Europa, houve o enterro oficial do programa, para as três classes ao meu ver, exigindo 140k, 230k e 320k para econômica, executiva e primeira classe, respectivamente.

  13. Não vi ainda, mas pelo que li agora está menos ruim do que esperava. A executiva pra América do Norte com stopover, 6 segmentos, por 100.000 continua imbatível. Pra Europa piorou muito, provavelmente, pra “competir” com os preços TAP. Mas ainda tem boas opções pra aproveitar. Pena não poder confiar no programa, pois mudar a tabela com 1 semana de avisa é lamentável.

  14. Apenas um esclarecimento… o reajuste foi global (e não apenas para os brasileiros).

    Ida e volta de executiva da Europa para a Oceania custam agora inacreditáveis 300 mil milhas, mais do que as 260 mil milhas cobradas de quem sai da América do Sul.

    • Sim, Andre, eu sei que foi global. Mas como disse no primeiro parágrafo, o foco do post é o que isso nos afeta (nós brasileiros). Depois eu faço um outro falando dos outros aumentos.

      • Oi Beatriz, desculpe. Tive um erro de interpretação.

        Como a TAP só reajustou os voos saindo do Brasil, ao ler o seu texto me passou a impressão de que os reajustes da Star Alliance também só seriam para voos saindo do Brasil, o que dessa vez não é verdade.

        Um abraço,

  15. Ontem fizeram uma sacanagem gigante. A central de atendimento simplesmente parou de funcionar. Tentei ligar desde 18h até 22h. Vi vários clientes reclamando da mesma coisa na página do Facebook da empresa. Aí, quando deu 22h, começaram a atender as ligações, então o atendente informava que a tabela já era a nova, pois já era 0h em Lisboa.

    Isso só mostra o quão desonesta é a empresa. Nunca mais mando um único ponto para o Victoria.

  16. Péssimas mudanças pra quem faz qualquer emissão, exceto América do Norte pois nessa o estrago foi pouco.

    Beatriz, nunca tentei a emissão one-way, mas já havia lido que o Victoria emite sim, porém cobra o mesmo valor de round trip. Esta observação sobre o bilhete só de ida que tem nos T&C não é nova, já existia antes.

  17. … Emissão Hipotética: Brasil –> Africa do Sul com stopover em algum ponto da Europa por 210K … sairia por 105K até a Europa (Frankfurt ou London [altas taxas]) e outros 105K da Europa até a Africa do Sul …

  18. Pelo menos pra mim não afetou muito, com as rotas BRA-USA e BRA-Asia, ainda emiti para Ásia via USA em trechos separados com prêmio solado de 235k, agora subiu pra 330k, acabou a festa

  19. No meu caso, que estava querendo algo para os EUA apenas em 2019, foi ótimo a mudança ter sido pequena na executiva! Ainda bem que não emiti nada para nenhum conhecido e guardei os pontos pra usar comigo mesmo, pois com os 100% de bonus na promoção da Livelo do ano passado ainda ficou muito bom esse resgate! Pra Europa, definitivamente, não vale mais a pena!
    Como disse o Marcos no tópico “quase zerei”: “Espero que não metam a mão demais no resgate para os EUA, pelo menos, porque para Europa, não tenho a mínima esperança de sobrar pedra sobre pedra…”
    Marcos, quero os números da mega-sena, ok????? :))))

    • André, boa tarde!

      Estes números eu também queria saber! rsrsrsrs
      Também respirei aliviado com a pequena majoração para os EUA. Ainda tenho 400k lá e é o destino que tenho em vista para uma viagem no ano que vem. Pra Europa, já havia emitido ano passado para viajar esse ano! Primeira e única no Victoria…

      • Marcos, saberia dizer quanto as parceiras cobram para emitir business pelo Victoria para os EUA, sendo viajante criança? O mesmo de um adulto?
        Tbem consegui emitir para a Europa direto com a TAP, antes da mudança na tabela!
        Primeira e última vez!

        • Cláudia, boa noite.

          Já emiti passagem de criança (2 a 12 anos) no Victoria pros EUA, é cobrado o mesmo valor que o adulto. Única condição que cobram metade é quando é pela própria TAP mesmo, para Europa. Para parceiros, criança nessa faixa é igual adulto na tarifação. Mas tem que avisar na hora da marcação que é criança…
          Pra bebês, fico te devendo a info!

  20. Foi bom enquanto durou!!! Agora só mesmo pra emitir passagens pra America do Norte!

    Uma coisa que me chama a atenção é que o call center deles funciona até as 20 horas, como pode ter atendido cliente as 22???

    Desde que eles anunciaram a mudança, emiti 6 passagens, em três dias diferentes e em todas fui sempre muito bem atendido.

    Desde que anunciaram o reajuste da tabela, dificilmente eu consegui ser atendido após as 19 horas.

    Quem deixou pra ultima hora acabou pagando o pato.

    • Oi Eduardo! Apenas o call center brasileiro encerra atendimento às 20h. Eu liguei ontem à noite para o call center português às 20:40 e fui atendida em 10 minutos. O atendente demorou mais 40 minutos para emitir 3 passagens GRU-IST; IST-LHR; OSL-ZRH-GRU. Pediu número e validade dos passaportes, além da data de nascimento de todos como todas as vezes me pediram. Escapei por pouco da mega desvalorização BR-EUROPA que eu tanto temia!!! Conseguir zerar a conta com essa emissão. UFA! Mas olhando a nova tabela BR-America do Norte e BR-Ásia na executiva ainda valerão a pena para mim.

  21. Um detalhe para o qual ninguém se atentou foi que, com a piora geral da tabela, a maioria absoluta dos resgates será feita, daqui pra frente, em voos para a América do Norte, o que acarretará numa enorme baixa na disponibilidade para essa região. Portanto, voos em executiva como os da Air Canada, United e Avianca, serão ainda mais raros. O que restará, no máximo, serão voos da pseudoexecutiva da Copa.

    • kkkkkkkkk…adorei o pseudo executiva!! tipo eu ia fazer uma emissao pro panama mas como sei q executiva deles é meia fraquinha preferi ir nos a330/ 787 por bogota de gru, mais conforto mesmo com escala ne?

    • eu entendo seu ponto de vista, mas venhamos e convenhamos q a maioria do pessoal ja queimou suas milhas do tap victoria e com isso n restará tanta milha assim para ser usada entao n sei se será assim um numero tao grande, entretanto se a tap vitoria / livelo fizerem outra promo de dobrar os pontos ai pode ser q o numero seja grande msm pq 100 k ainda compensa na executiva mas acho dificil eles fazerem mais promo e mandar milhas compradas da livelo msm com desconto n parece ser lá essas maravilhas, pq hj eles estão vendendo com desconto por 42 a cada mil milhas entao precisaria de 100 k e seria 4200, o valor nao é tao barato, a nao ser com uma mega promo q consiga comprar mais barato tipo 27 29 30 reais a cada mil, sacou? o q acha?

        • Exatamente. Uma promoção combinada de 40% de desconto na compra Livelo com um bônus de 100% de transferência, já bastaria pra inundar o Victoria novamente, pois o custo em executiva para América do Norte sairia por R$ 2.100,00. E esses bônus de 50% ou 100%, imagino, serão mais frequentes, pois, caso não existam, ninguém mais enviará pontos para o programa.

  22. Olha que estranho: uma ponte aérea GIG-GRU (ou, sendo tb vigem internacional, GRU-EZE) custa, pelo Victoria, 60mil, ida e volta; com 10mil a mais vc faz gru-mia-las/las-jfk-gru

  23. A diminuição do valor da roundtrip em first para os EUA é só para inglês ver. A UA é a unica empresa que oferece esse serviço, porém só até maio/18 quando passará a não vender maos. Ou seja praticamente não tivemos nada de positivo.

  24. Beatriz poderia, por favor, nos fornecer o link ou colocar uma foto da tabela global? Tentei pelo site da TAP e não está funcionando. Obrigado. Abraço

  25. … Emissão Hipotética: Brasil –> Africa do Sul com stopover em algum ponto da Europa por 210K … sairia por 105K até a Europa (Frankfurt ou London [altas taxas]) e outros 105K da Europa até a Africa do Sul …

  26. Um detalhe para o qual ninguém se atentou foi que, com a piora geral da tabela, a maioria absoluta dos resgates será feita, daqui pra frente, em voos para a América do Norte, o que acarretará numa enorme baixa na disponibilidade para essa região. Portanto, voos em executiva como os da Air Canada, United e Avianca, serão ainda mais raros. O que restará, no máximo, serão voos da pseudoexecutiva da Copa.

    • kkkkkkkkk…adorei o pseudo executiva!! tipo eu ia fazer uma emissao pro panama mas como sei q executiva deles é meia fraquinha preferi ir nos a330/ 787 por bogota de gru, mais conforto mesmo com escala ne?

    • eu entendo seu ponto de vista, mas venhamos e convenhamos q a maioria do pessoal ja queimou suas milhas do tap victoria e com isso n restará tanta milha assim para ser usada entao n sei se será assim um numero tao grande, entretanto se a tap vitoria / livelo fizerem outra promo de dobrar os pontos ai pode ser q o numero seja grande msm pq 100 k ainda compensa na executiva mas acho dificil eles fazerem mais promo e mandar milhas compradas da livelo msm com desconto n parece ser lá essas maravilhas, pq hj eles estão vendendo com desconto por 42 a cada mil milhas entao precisaria de 100 k e seria 4200, o valor nao é tao barato, a nao ser com uma mega promo q consiga comprar mais barato tipo 27 29 30 reais a cada mil, sacou? o q acha?

        • Exatamente. Uma promoção combinada de 40% de desconto na compra Livelo com um bônus de 100% de transferência, já bastaria pra inundar o Victoria novamente, pois o custo em executiva para América do Norte sairia por R$ 2.100,00. E esses bônus de 50% ou 100%, imagino, serão mais frequentes, pois, caso não existam, ninguém mais enviará pontos para o programa.

  27. Beatriz, belo trabalho. Quem sabe vc pode me ajudar… tenho voos a fazer em Air Canada, TAP e ANA … havia optado em acumular milhas no Victoria que me parecia o melhor programa dentro da Star Alliance, mas desde as cobrancas absurdas de taxa de combustivel (a passagem TAP na executiva saiu um pouco mais que o dobro do custo que simulei via emissao milhas) nao vejo mais vantagens em emitir via Victoria. Com essa nova tabela de resgate, fiquei mais ainda desanimada. Sera que compensaria pontuar no programa da Air Canada? Ou alguma outra companhia?

    • Oi Neyde, bem vinda ao Milhas e Destinos! Amanhã à noite farei um post comparativo entre Amigo, Victoria, Lifemiles e MileagePlus. Aí vc terá sua resposta!

  28. Beatriz, belo trabalho. Quem sabe vc pode me ajudar… tenho voos a fazer em Air Canada, TAP e ANA … havia optado em acumular milhas no Victoria que me parecia o melhor programa dentro da Star Alliance, mas desde as cobrancas absurdas de taxa de combustivel (a passagem TAP na executiva saiu um pouco mais que o dobro do custo que simulei via emissao milhas) nao vejo mais vantagens em emitir via Victoria. Com essa nova tabela de resgate, fiquei mais ainda desanimada. Sera que compensaria pontuar no programa da Air Canada? Ou alguma outra companhia?

    • Oi Neyde, bem vinda ao Milhas e Destinos! Amanhã à noite farei um post comparativo entre Amigo, Victoria, Lifemiles e MileagePlus. Aí vc terá sua resposta!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular

Recent Comments

Viajante Pobretão Jr. on Tóquio estuda novo estado de emergência
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Felipe Oliveira Silva on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
disqus_OagBp1mexo on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Emanuel Soares on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Beatriz Roland on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
Adalberto Moscal on O Santander não se emenda …
Robson Pereira on O Santander não se emenda …
lissandro dauer on O Santander não se emenda …
Mário Sérgio Oliveira on O Santander não se emenda …
ronald william on O Santander não se emenda …
Evandro Sperandio on O Santander não se emenda …
Thiago Soares Correia on O Santander não se emenda …
Gilberto Carmona on O Santander não se emenda …
Henrique P. P. on O Santander não se emenda …
Cinthia Rangel on O Santander não se emenda …
Raimundo Almeida Júnior on A Avianca é a nova parceira Smiles?
luiz paulo alencar on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Afonso De Oliveira Barros on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Quero Viajar na Faixa on As Viagens Inusitadas da Minha Vida
Raimundo Almeida Júnior on Accor amplia o portfólio de hotéis do grupo
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: Viaje Fácil com 75% de desconto
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Guilherme Marchese on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Deyvisson F. R. Almeida on Como a COVID-19 afetou suas viagens?
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Raimundo Almeida Júnior on Qatar Airways sem primeira classe até 2021
Marry manuelli paes de farias on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Vanessa de Carvalho Dias on Como a pandemia afetou minhas viagens
Deyvisson F. R. Almeida on Como a pandemia afetou minhas viagens
Paulo André Metchko on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Tiago Luiz Martins S Costa on Reserva Cool orienta clientes a pedir chargeback
Luiz Henrique Moraes Barros Ca on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leonardo Tito Preza Figueiró on Problemas com os cartões Santander AAdvantage
Leandro Esteves on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Ronaldo Azevedo on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodrigo Guimaraes on E agora, clientes LATAM Pass?
Luis Ghivelder on E agora, clientes LATAM Pass?
Rodolfo França on E agora, clientes LATAM Pass?
André Ferreira on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Gustavo Botelho on E agora, clientes LATAM Pass?
Beatriz Roland on E agora, clientes LATAM Pass?
Renan Augusto Arboleda on E agora, clientes LATAM Pass?
Raimundo Almeida Júnior on Smiles: 70% de desconto na compra de milhas
Denilson Vargas Lima Junior on Os recentes erros de pesquisa no site do Smiles
Thiago Soares Correia on LATAM Pass atualiza o seu programa
Mauricio Laukenickas on LATAM Pass atualiza o seu programa
Leonardo Tito Preza Figueiró on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antagonista Caratinguense on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Renan Augusto Arboleda on Itaucard Pão de Açúcar Platinum
Antonio Carlos Oliveira Junior on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Renan Augusto Arboleda on GOL: um voo diferente na ponte aérea
Eduardo Caldeira Meira on GOL: um voo diferente na ponte aérea